Palavras da Val: Sobre Panelas e Laranjas

7 fev

“Desde o tempo em que o arco-íris era branco e preto (não tinha o colorido) tem uma massa de pessoas no mundo se perguntando: onde está a tampa da minha panela?

Toda a turma tem um, dois, três ou mais se fazendo esta pergunta e até mesmo a gente (confessooo!) um dia se pegou indagando isto e fica frustado pensando que, se até bueiro tem tampa, cadê o diacho da filha da boa senhora da minha tampa, cara… mujo!

As pessoas querem encontrar a metade da laranja que diz o Fábio Jr. que existe (no caso dele a fruta está mais pra mexerica de tanto pedaço, de tanto gomo para o qual este homem jura amor eterno na frente de um juiz) para assim serem felizes para sempre.

Tem uns que até arrumam umas laranjas. Mas, a fruta é um tanto perecível, saca!? Acaba apodrecendo e ai não adianta nada.

"As metaaaades da laraaaaanja..."

Então, como é que a gente encontra um parceiro legal???

Olha… sabe aquele bolinho de chuva que a mãe ou a avó da gente faz, mas que não tem receita? Você pede pra elas explicarem como faz e elas vão jogando os ingredientes na sua frente, um pouco de farinha, um pouco de açúcar, o ovo e aquelas medidas que ela tiram só de olhar pros trecos e que parecem muito óbvias pra elas, mas a gente não entende nada e não sabe reproduzir.

É exatamente isto. Existe, dá certo, tem gente feliz por ai, mas a receita mesmo é complicada de repassar, pois cada bolinho é um bolinho. Pra ficar gostoso mesmo é como a dança Créu que tem que ter disposição e habilidade.

Mas, os ingredientes para ajudar a você a achar uma boa tampa são maaais ou meeenos estes:

– Diabéticos podem gostar de açúcar??? Podem! Gostar, sim! A restrição deles é na hora de comer o açúcar. Então, ainda que você goste muito de certos doces por ai, tome cuidado com a glicose! Não adianta ficar atrás de maria-mole ou gelatina quando o que você precisa é de um pé-de-moleque doce, rígido e com amendoins da melhor qualidade!

– Qualquer coisa pode tampar uma panela, inclusive, outra panela. Por isso, dê-se a oportunidade de conhecer pessoas que podem até inicialmente não se parecer com aqueeela tampa de aço inox super brilho, mas podem se constituir de material durável, resistente e que cumpra a função de tampa melhor do que umas furrengas que existem por ai.

Isso não significa pegar qualquer coisa e nem baixar o padrão, mas ser mais objetivo e REALISTA quanto ao que você espera desta nova companhia. Não desista do negócio só por que encontrou um amassadinho!

– Livre-se dos utensílios domésticos inúteis. Aqueles que você usava no passado! Você sabe do que eu estou falando: defuntos, mortos-vivos, zumbis e assombrações de toda a espécie só devem fazer sucesso nos filmes. Se você não é um Steven Spielberg, Zé do Caixão ou não está fazendo uma refilmagem de Thriller, passa fogo nessa Turma do Penadinho porque, muitas vezes, ficam é atrapalhando e tomando o lugar de gente nova e mais interessante, tanto na sua vida quanto no seu pensamento!

– Uma pessoa com tampa não significa uma pessoa bem tampada… Então, não fique invejando e desejando o relacionamento alheio. Cada pessoa é uma diferente e também você não sabe o que realmente acontece no dia a dia das pessoas.

– Borboletas no estômago??? Para de ler Júlia, Sabrina, Mônica, Patrícia, Sebastiana ou seja lá onde você viu isso. Existem sim amores que disparam o coração na primeira vista e você vê estrelinhas, cometinhas, centelhas e fagulhas. Mas, nem todo o início é assim, portanto, não despreze uma conquista que possa acontecer de mansinho e vá tomando e completando a sua vida.

– A menos que você tenha registro no Conselho Regional de Psicologia (isso existe?) ou tenha feito um curso de hipnose, não ache que vai resolver os problemas de gente que é simples e demasiadamente problemático, a menos que você tenha bastante tempo ocioso ou valha muito a pena. Podemos ajudar as pessoas, nem todos os dias teremos flores e nuvens de algodão doce, mas não dá pra voar junto com kamikaze, né!?

– E por último e não menos importante, cuide de você, sem desespero. Por mais que alguém te ame muito a melhor pessoa do mundo para cuidar de você é você mesmo(a)! Curta bons amigos, bons lugares, bons filmes e tudo mais que contribua para o seu bem estar.

Não ache que você repele as pessoas por que é feio(a), gordo(a), esquisito. Muitas vezes você não é nada disso e além do mais, há gosto pra tudo! Hahaha

De “É o Tchan” a “Mozart”, há uma multidão de seguidores!!!

Enfim, como eu disse, não tem receita. Não existem certezas ou projetos prontos, então… pegue os ingredientes e faça o bolinho do seu jeito! Leve a vida leve!!!”

A Val é nossa colaboradora especial para comportamento, sempre de uma forma positiva e alegre. As opiniões e referências são exclusivamente dela.

Anúncios

2 Respostas to “Palavras da Val: Sobre Panelas e Laranjas”

  1. V. Bridges 07/02/2011 às 15:59 #

    Achei bacanérrimo esse texto.

  2. Diogo 07/02/2011 às 16:19 #

    Adorei o texto… parabéns!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: