Blush: que cor e como usar?

9 abr

Oi, gente! Voltei!

Quase todos os dias recebo a newsletter da Sepha que, além de ser um perigo, porque dá vontade de sair comprando tudo, ainda traz algumas dicas de beleza muito interessantes. Pois bem, no finalzinho da semana passada, chegou uma que falava sobre as melhores cores de blush para cada pele. Achei que era algo bem legal de se compartilhar aqui.

Jennifer Morrison no Golden Globe de 2010. Foto de Frazer Harrison/Getty Images

Reparem na forma e aplicação do blush pêssego. Até então a gente associa as pessoas de pele mais clara ou loiras aos tons rosados, mas achei bem interessante esse caso para mostrar que não precisa se prender a uma cor. Claro que algumas ficam melhores em peles x, y ou z, porém nada é uma regrinha rígida. Eu mesma nunca havia usado antes de arriscar o Coralista, da Benefit, e tenho gostado muito! Quando quero algo mais feminino ou meigo, volto ao rosa, que, em mim, também dá bem certo.

A Sepha diz que os tons de pêssego podem ser usados quando não queremos marcar muito o blush e combina com quem tem pele clara. Eu, particularmente, não sou muito fã de ter as bochechas destacadas (morro de medo de parecer que levei uma tijolada na cara), então independente da cor, sempre esfumo bem.

Mas, Carla, o que eu faço com o blush rosa que comprei? Nem prense em jogar fora! Aliás, no inverno é mais fácil vermos tons dessa cor no rosto que os alaranjados/pêssego. Ou seja, nada de esquecer produto no fundo da gaveta, hein? Se você é loira, fica uma boa opção para o ano todo.

As mais morenas, porém não negras, podem usar tons que saem do pêssego e vão para o laranja. Não que o rosa seja proibido, talvez só mais difícil de aparecer na pele por causa do fundo mais amarelado. As orientais também podem ir para esse caminho, sempre tomando o cuidado de não ficar exagerado. Assim como na aplicação de base, se alguém vem elogiar seu blush, é porque está um pouco forte, então mão leve sempre! Melhor construir camadas do que errar e depois ter mais trabalho para esfumar ou igualar.

Quem é negra pode optar por blushes de tons terrosos e alaranjados. Há quem use também o pink, roxo, vermelho e vinho, dando uma cara meio anos 80. Eu, particularmente, acho lindo quando a mulher negra usa um tom mais terroso ou com leve brilho dourado, dá uma impressão de mulher rica!

Para aplicar o blush, temos dois tipos de pincel: com cerdas naturais e sintéticas. Eu prefiro o primeiro caso para produtos em pó, pois conseguem espalhar melhor e fica mais leve. Já o segundo é muito bom para produtos em creme ou líquidos, já que eles não “chupam” o produto.

Temos milhões no mercado, de várias marcas e preços. Atualmente alterno entre esses dois:

Ambos estavam meio sujos, mas logo após essa foto tomaram seus banhos. O de cima tem um corte na diagonal, repararam? É bom para deixar o visual mais marcado ou aplicar bronzer e fazer contorno. Tem AQUI.  Já o de baixo é o que mais uso, porque esse formato arredondado e o domo cheinho são bons para aplicar esfumando. Ele está nesse link. Como passo blush todos os dias, alterno uma semana com um pincel e na outra com o seguinte. Portanto, se não for o seu caso e se você usará só um produto, ter um pincel só dá.

A Kah, do E aí, beleza?, fez um post bem completo sobre como aplicar o blush. Dá para ler AQUI e complementar com as informações que a Sepha fez nesse post. Agora ficou mais fácil escolher o produto, né? E que tal contar qual é seu blush favorito e como você o usa?

Anúncios

2 Respostas to “Blush: que cor e como usar?”

  1. Lana 09/04/2012 às 20:48 #

    Eu morria de medo de blush marrom, ou algo parecido, pq via algumas pessoas usando e em vez de me dar uma boa impressão, parecia que a pessoa estava suja Mas depois que a Fefeh do Pimenta Rosa mostrou o Caramelo da Avon eu arrisquei e hoje é o blush que mais gosto. Uso de forma bem tradicional, nas maçãs do rosto e beeem esfumado.
    Beijos!!

    • Carla Jaróla 10/04/2012 às 2:07 #

      Pois é, Lana. Eu também tenho medo de usar blush marrom e parecer um Whoompa-Loompa.

      Mas é o que você disse, esfumando pode dar certo. Não acho que deva ter um padrão, do tipo “mulher loira só usa blush rosa”, tem que saber adaptar. E sempre pensando que o menos é mais, a foto da Jennifer Morrison mostra bem como acho bonito: esfumado, com cara de saúde.

      Somos nós quem temos que ser lembradas, não nossos blushes, né?

      Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: