Especial Paul McCartney em Recife – O local

25 abr

Oi, gente! Tudo bem?

Como vocês sabem, semana passada estive em Recife, para ver o show do Paul McCartney. Como MUITAS coisas aconteceram durante os três dias em que estive na cidade, separei em três posts, cada um sobre um tema. Começo sobre as acomodações. Estava procurando hotel mais próximo do estádio e assim que os ingressos começaram a ser vendidos, todos os locais de hospedagem ficaram cheios.

Meu medo era ficar muito longe e além de gastar horrores com táxi na volta do show, não ter como chegar no estádio. Só que como não encontrava mais nada, optei por um hotel entre o aeroporto e o estádio, o Golden Tulip Recife Palace. Encontrei no Decolar.com e como das outras vezes que usei, deu certo, confiei novamente. Cheguei no hotel às 14h e fui surpreendida com essa vista no meu quarto:

Difícil, né? hehehehe Isso porque fui informada que eles estão na época de chuva (não vi cair uma gota de água). Falando em quarto, esse era o “quarto standard” que reservei:

O quarto possuía duas camas de casal, ar condicionado, frigobar, TV, sofá (que daria para mais uma pessoa dormir), armário, cofre, suíte, banheira, secador de cabelo e água quente ou fria. O hotel oferece piscina, spa, academia, café da manhã, restaurante, bar, serviço de quarto, internet wi-fi e no caso do show, ainda tinha a possibilidade de ir e voltar com uma van organizada por eles (paga a parte).

Cheguei na sexta às 14h e saí no domingo às 12h. Por tudo isso paguei R$ 756,00 que ok, pode não ser o mais barato, porém acho que foi um bom dinheiro gasto, já que os serviços foram muito bons. Lembrando também que fui em final de semana com feriado e show.

Aí que no sábado acordei às 07h30 e essa vista na janela:

Chato, muito chato… Aliás, não dava para dormir muito porque o sol já aparecia assim logo cedo. Sabem aquele desenho do Pato Donald em que ele tenta dormir e não consegue? Bem por aí. Em compensação, escurece bem antes, 18h30 o céu já está como se fosse 22h em São Paulo, então estranhei um pouco.

Não tenho o que reclamar do hotel (até porque tive uma surpresa lá, mas isso é assunto de outro post). O café da manhã era muito bom, repleto de opções de frutas, doces (me acabei no bolo de rolo, como aquilo é bom, gente!), sucos regionais, pães e com direito à vista para o mar. Ou seja, tudo para fazer a gente não querer sair do hotel mesmo.

Acabei nem usando todos os serviços do Golden Tulip, porque fiquei pouco tempo no local, mas foi uma escolha minha, não faltou convite. Pretendo mesmo voltar lá em breve, com calma, para aproveitar não só o hotel, como também a cidade. Se me disserem que Paul McCartney estará na região novamente, aí que vou mesmo! Valeu muito a pena e fica a sugestão para quem pretende ir para Recife!

Anúncios

2 Respostas to “Especial Paul McCartney em Recife – O local”

  1. deisefe 25/04/2012 às 15:12 #

    Cada um tem o que merece :(((((
    Hahahahaha, eu fiquei fodida e meio num sofá duro, uhauhauhauhahuauhauhuha
    Bolo de rolo eu só comi no aeroporto, após o drama todo. Comi como se fosse caviar, já que mal comi nas minhas 24 horas lá. Tenso…

    Anotei e fikdik pra mim. Gostei do hotel. o/

    • Carla Jaróla 26/04/2012 às 0:22 #

      Bolo de rolo é muito bom, né? Vou tentar fazer qualquer hora.

      Eu fui achando que ia pegar um quarto simples e no fim dava para hospedar uma família integira alí! Mas vale muito a pena!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: