Dicas da Bete – Gordice day

5 nov

Oi, gente! Tudo bem?

Hoje começa uma nova tag no Boyish ‘n Girly: as Dicas da Bete. A Bete é uma super amiga minha há tempos, que se comunica como poucos e tem muito para contar. E um dos temas que ela mais conhece é culinária/ gastronomia. Aí que eu vinha pensando em dar dicas sobre o tema aqui, mas como eu não sou uma especialista, achei que seria mais correto abrir o espaço para quem entende, né?

Pois bem, a Bete e eu passamos meses sem nos vermos (coisas da vida), mas sempre nos falando virtualmente. Quando podemos, nos encontramos para colocar os assuntos em dia, com a companhia de muita comida boa, o que chamamos de Gordice Day. E na última vez que fizemos isso, minha amiga relatou no post de hoje, o primeiro de uma série (espero eu). Torço muito para que vocês gostem da Bete tanto quanto eu! Vamos lá:

“Um dos maiores prazeres nessa vida é comer (literalmente e não no termo pejorativo). E se esse prazer for acompanhado de uma conversa inteligente, esse prazer deve ser elevado a milésima potência.

 Pois bem, eu e a Carla fomos fazer o “Gordice Day” ou seja, tirar um dia para matar a saudade, colocar o papo em dia e comer tudo aquilo que desejamos sem medo de encarar a balança no dia seguinte.

 Nesse dia, a Carla perguntou se eu não queria ser colaboradora do blog e fiquei animada e aceitei (claro!). Antes de aceitar, perguntei para a Carla se a minha maneira de se expressar deveria ser formal ou da maneira como ela me conhece, ou seja, falar reto e direto, sem rodeios e com o sarcasmo que às vezes costumo usar. Ela deu carta branca e cá estou eu!

E na conversa que tive com a Carla, a minha colaboração não estará voltada apenas para indicar os lugares para praticar a gordice, mas também para comentar sobre os produtos e serviços que usei, gostei, detestei e quebrei a cara. É claro que em determinadas situações eu posso ter quebrado a cara enquanto outros, adoraram o serviço. O que vou relatar no blog serão as minhas experiências e de uma ou outra pessoa amiga na qual confio plenamente e sei que não estão de gozação nas experiências vividas.

Tem horas que eu acho que é muita prepotência da minha parte, mas pretendo fornecer receitas que aprendi com uma turma bacana de culinária.

Subito

Até então eu não conhecia o Subito, uma rede de restaurantes (tem em alguns shoppings e no Conjunto Nacional na região da Paulista). A Carla me levou para conhecer o restaurante que fica dentro do Conjunto Nacional. Ambiente simpático e atendimento bacana. Entre as sugestões do cardápio, a salada Rafael chamou a nossa atenção. De certa maneira, é um prato generoso (perto de algumas saladas que já comi e fiquei com raiva por ser tão muxiba) . Esse prato vem com iscas de frango empanadas, alface americana, rúcula, radíquio, salsão, tomate, batata e com molho à base de mel, laranja e mostarda. Eu fui premiada com uma batata meio mal cozida, tirando isso, o restante estava bom. É um prato leve com um molho bem suave e que sustenta o seu “corpitcho” por algumas horas.

Além de conversar e degustar da minha salada, eu prestava atenção nos pratos que eram servidos em outras mesas e todas pareciam ser generosas, sem contar o aspecto apetitoso que demonstravam.

É muito comum você pedir um prato porque a foto do cardápio atiçou a sua fome e quando o prato chega até você, vem aquela mágoa e depois a raiva. Ou seja, um prato bem “sem-vergonha” que custou caro e que não condiz com a realidade da foto. Por isso se faz necessário tirar fotos e postar (sem editar a imagem, ok? Porque não faria o menor sentido se eu as editasse) para mostrar como é a realidade dos pratos.

A salada… Apetitosa, não?

Meu prato de salada com uma garrafa de água bem gelada custou aproximadamente R$ 32,00. Ao contrário do que muitos restaurantes costumam fazer comigo, eles me deram o troco certinho, ou seja, se o valor é R$ 31,75, o restaurante não arredondou para cima. 🙂

Para quem quer desfrutar de uma boa conversa e com uma comida bacaninha num lugar simpático, vale a pena dar uma conferida!”

Para quem quer saber mais sobre o Subito, vale dar uma olhada no site deles. Até ir lá com a Bete, só conhecia o restaurante deles no Shopping Iguatemi de São Paulo, mas eles também têm unidades em outros locais. Ah, o YogoSubito também é uma delícia, mas isso é algo que a Bete pode contar melhor que eu em outros posts!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: