Agora eu tenho: cartão de visita

1 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Fugindo um pouco dos posts de beleza e cultura que temos aqui, queria conversar um pouquinho sobre o lado profissional. Não sei se já contei no blog, mas me formei em Jornalismo e depois fiz pós em Marketing, sendo que não trabalho em nenhuma das duas áreas, infelizmente.

Aí que passei a ver necessidade em me representar, seja quando vou à algum lugar pelo blog ou para freelas e o famoso networking. Nessas horas é importante que a gente tenha um cartão de visita, até porque cada vez menos vemos pessoas com caderninhos ou algo para anotar nossos contatos (eu uso, mas porque sou saudosista) ou não gostam de misturar o pessoal e o profissional em seus celulares.

Tive noção disso no começo do ano, quando fiz um curso muito bom e que aumentou minha rede de contatos. No primeiro dia, todas as pessoas com quem conversei trocaram seus cartões profissionais e eu não tinha nada com meus dados, porque fui deixando de lado e vendo outras prioridades.

Pois bem, aí que no final de março, tomei vergonha na cara e finalmente fiz os meus. E na semana passada, eles chegaram:

01 - Cartão

Como não queria fazer algo muito formal, nem gastar horrores, me lembrei do Moo, um site em que você pode personalizar o seu e comprar em quantidades, além de ter a oportunidade de fazer em um tamanho menor. Achei mais a minha cara e fechei o pedido por lá.

02 - Cartão

Na caixinha branca tem 100 mini-cartões (é bastante, né?), feitos no desenho que pedi e com as informações que escolhi, como os dados, o tipo de papel, acabamento… Tudo personalizado.

03 - Cartão

Quando criei o meu, coloquei a opção de cor. Mas achei que no meu pedido viria somente os vermelhos. Na verdade eu não li direito, depois fui ver que ele seria um arco-íris, que no final ficou bem interessante porque é como se fossem novos cartões, né? Então temos 20 cores de cartões (faltou uma aí) com meu nome na frente e contatos atrás.

04 - Cartão

Viram como é pequeno? Acho que é metade da altura do cartão profissional comum, mas na mesma largura. Eu gostei e vamos considerar que não sou designer, então nem daria para fazer algo 100% criativo e inovador, né? Só acho que poderia ter escolhido as bordas arredondadas. Na hora do acabamento, optei pelo fosco, que pode não ser meu predileto, porém acredito que seja melhor para ler.

05 - Cartão

Fiz bem simples mesmo, porque pensei que ele pode servir durante um bom tempo e em várias ocasiões. Então no verso temos meu nome e profissão e na parte de baixo (que na foto apaguei por segurança), meu telefone e e-mail. E pronto.

Na época paguei US$ 19,99 pelo serviço e US$ 13,50 de envio, totalizando US$ 33,49. Pode parecer caro, ainda mais se a gente converter em Real e ver que o valor passa a ser R$ 66,98, mas quando simulei aqui em outras lojas, sairia um valor acima e não tinha tanta opção de design diferente como na Moo.

Considerando que é algo de fora, um mês nem foi tão demorado, né? Agora ao menos eu não tenho o som do “fuééé” na minha cabeça a cada encontro com quem pode fazer parte do meu networking!

Vocês usam cartões de visita? Como o fizeram? Acham uma ferramenta útil?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: