Estreias da Semana

28 jun

Oi, gente! Tudo bem?

E chegou o dia mais aguardado por todos (ao menos por mim ultimamente!). Sexta-feira, sua linda, seja bem vinda! Ok, parei com a empolgação. Vamos logo às estreias de cinema, Carla!

01 - Todo Mundo em Pânico 5

– Todo Mundo em Pânico V: (de onde eles tiram tantas piadas para chegar no QUINTO filme?). Como podemos imaginar, argumentos não são o forte desta comédia, mas talvez seja esta a intenção. Desta vez temos três dançarinos, sendo um veterano e duas novatas, que querem o papel principal de uma produção, dirigida por um diretor prepotente e ditador.

02 - Guerra Mundial Z

– Guerra Mundial Z: se você acompanhou os noticiários dos últimos dias, deve ter lido que Brad Pitt (ai ai…), protagonista deste filme de terror, viria ao Brasil divulgar o lançamento. Mas, devido às manifestações e o momento inoportuno, o ator cancelou a viagem. Ele aqui vive Gerry Lane, um representante da ONU que tenta e precisa vencer o tempo para controlar uma praga que derrota exércitos e autoridades, além de ameaçar a humanidade.

03 - Os Amantes Passageiros

– Os Amantes Passageiros: com direção e roteiro de Pedro Almodóvar, o longa se passa em um avião, onde a equipe e passageiros que devem ir até a Cidade do México lida com a morte. A partir daí, eles precisam deixar a dor de lado e vencer o medo que está em cada um deles.

04 - Augustine

– Augustine: os fãs do cinema europeu não estarão desamparados. Neste longa, passado na capital francesa em 1885, temos o professor Jean-Martin Charcot (Vincent Lindon), que está no hospital Pitié Salpêtrière para estudar uma nova doença: a histeria. E é neste local que ele conhece Augustine (Soko), uma jovem de 19 anos, com quem ele realiza seus estudos, especialmente os testes com hipnose. Aos poucos, sua cobaia deixa de ser um um caso de pesquisa para despertar sentimentos inesperados no especialista.

05 - Hannah Arendt

– Hannah Arendt: e a gente encerra o post de cinema com este drama alemão, que conta a história de dois judeus recém-chegados aos Estados Unidos como refugiados de um campo de concentração nazista. Lá, eles terão que criar novas histórias, buscar novas oportunidades e se recompor. Neste meio, eles recebem um convite para ir até Israel e cobrir pela The New Yorker o julgamento do nazista Adolf Eichmann.

Hoje ninguém pode reclamar de falta de opção, hein?

Observação: imagens de divulgação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: