Esmalte da vez – Ô meu Santo Antônio, Risqué

6 abr

Oi, gente! Tudo bem?

Hoje não traumatizo ninguém com as minhas unhas e já mostro o motivo. Quero só contar que minha experiência com o 174 – Purple Sensation, da Mavala, foi bastante positiva, porém não perfeita. Talvez se eu tivesse mais coordenação motora prática ao esmaltar ele teria durado mais, ou se tivesse optado por ir a uma manicure…

O fato é que eu, sozinha, fazendo as unhas e o usando, não rendeu uma boa duração. Cheguei a retocar as pontas algumas vezes, mas no mesmo dia elas voltavam a aparecer. Nem foi motivo para gongar o esmalte, já tive outras experiências bem boas com esmaltes da marca, porém fiquei bem curiosa e com vontade de testar novamente, depois que essa fase mais complicada passar.

Dito isso, passemos ao eleito de hoje. Sexta tomei vergonha na caraarrumei um tempo e fui à manicure, afinal, melhor deixar com quem sabe fazer, né? Aproveitei para pedir a ela que deixasse minhas unhas bem curtas também. Como não sabia se ela tinha esse esmalte e eu estava super ansiosa para usá-lo, levei o meu.

Depois de um tempo, eis que volto aos esmaltes da Risqué, escolhendo o Ô meu Santo Antônio como a cor da semana:

01 - Esmalte

Já o mostrei em dois outros posts (AQUI e AQUI), lembram? Me lembro de ter me apaixonado pela cor e desde então, queria usá-lo. Mas aí fui deixando um e outro passar na frente e o coitado acabou parado na caixa, injustamente. No entanto, eu sabia que quando o usasse, não iria me decepcionar. Dito e feito!

02 - Esmalte

Ele é um vermelho escuro com um toque de marrom muito, muito bonito mesmo e chique. Diria até que dá para usar no trabalho, dependendo de qual emprego você tenha. Também o achei absurdamente pigmentado, porque na primeira camada ele cobriu absolutamente tudo, com perfeição. A segunda foi pura questão de hábito.

03 - Esmalte

Dessa vez a manicure usou o top coat da Avon, aquele roxinho mesmo. Já o havia testado anos atrás e gostado bastante (há quem diga que é ótimo para usar nos pés e não deixar as Melissas estragarem as unhas). Também achei que a limpeza foi fácil, mas isso também pode ser prática da profissional, né?

Fiz as unhas na sexta à noite e hoje, domingo, vejo duas pontinhas brancas querendo aparecer. Como tive (e ainda estou tendo) um final de semana bastante atípico, vou relevar. E qualquer coisa, arrumo aqui em casa. Em geral, amei esse esmalte, vou usá-lo muitas outras vezes, com certeza!

Anúncios

Uma resposta to “Esmalte da vez – Ô meu Santo Antônio, Risqué”

  1. Fê Pakes 06/04/2014 às 23:35 #

    Lindo!! Amei.. será meu próximo!! Beijos!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: