Esmalte da semana – Congo, Panvel e Black Tie, Jade

15 jun

Oi, gente! Tudo bem?

Domingo é o dia universal de fazer as unhas, né? Hoje escolhi um esmalte que estava aqui na caixa há mais de um ano e se eu soubesse que ia gostar tanto, já o teria feito furar a fila, sem dó!

Calma que já o mostro. Antes preciso falar que o combo Royal Blue, da Top Beauty e Compartilha!, da Colorama, funcionou muito bem! Tudo bem que usei um bom top coat e optei por vestir luvas ao lavar a louça, mas ainda assim só comecei a ver leves desgastes lá para quarta-feira, acreditam?

Ainda dava para eu ficar com ele por mais alguns dias, só o tirei na sexta porque já estava cansada de tanto azul em minhas mãos. Hahahaha Mas ao menos o da Top Beauty, que é meu, vou usar muitas outras vezes! E se vocês encontrarem esse esmalte em suas cidades, vale muito a pena comprar!

Então era a hora de trocar. Tinha como ideia inicial passar um roxo, mas na primeira camada vi que ele ia me dar muito trabalho, então desisti. E olhando a caixa, me lembrei de um outro vidrinho que comprei para meu aniversário do ano passado, porém fui deixando e ele ficou aqui parado. Nada mais justo usar, né?

O eleito de hoje foi o incrível Congo, da Panvel:

01 - Esmalte

Pelo vidro já dá para se animar, né? Até escrevi sobre ele AQUI, lembram? E  o bonito aí já está quase vencendo, que absurdo não usar… Ele é um cinza grafite com shimmer colorido bem discreto, muito lindo mesmo. Para ser ainda mais diferente, o Congo tem acabamento fosco! Há tempos não passava nada que desse esse efeito e estava com saudades.

Mas não queria deixar tudo muito simples e tentei a filha única outra vez, dessa vez com o Black Tie, da Jade, que mostrei nesse post:

02 - Esmalte

O Congo foi muito fácil de passar. Até achei que ele estaria meio grosso por ficar parado, mas nada. Com uma camada ele ainda fica meio manchado, mas na segunda fica escuro e lindão:

03 - Esmalte

O efeito fosco começa a dar as caras depois de uns 10, 15 segundos. E aí fica assim, chapado. Também gostei muito dele na hora de limpar, não dá trabalho algum! Já o coloquei em minha lista de esmaltes favoritos. Panvel, se vocês abrissem uma loja em SP ou o frete fosse mais amigo, teriam uma cliente assídua. Pensem nisso, por favor?

A ideia era passar o Black Tie “puro” na unha, mas na primeira camada vi que seriam necessárias ao menos três. Então recomecei, passei uma camada do Congo e aí sim, o preto da Jade apareceu bem bonito:

04 - Esmalte

Para quem tem saudades do saudoso Cosmic Polish, da Eyeko (que usei AQUI), dá para substituir por esse, viu? Talvez o gringo tivesse só um pouco mais de glitter verde, mas não achei tão diferente. O bom é que os esmaltes da Jade são mais baratos e fáceis de encontrar, né? Ah, também foi bom para limpar e tem brilho, porém cobri com o top coat da Risqué, ok?

Quem está próximo à uma unidade da Panvel, vale a pena procurar pelo Congo (e outros da marca, são ótimos) ou simule a compra AQUI e veja se no seu caso o frete não fica tão caro como aqui. Confiem em mim, se vocês se jogarem nos esmaltes deles, não se arrependerão!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: