Arquivo | Comprinhas RSS feed for this section

Compras de esmalte – YNC, Anita, Maybelline, Colorama, Impala, Dote e Jade

9 abr

Oi, gente! Tudo bem?

Ontem contei aqui da camisa jeans que comprei, né? No mesmo dia, precisava ver umas coisas para a minha mãe e como fica tudo na mesma região, fui olhar as perfumarias do centro de SBC. A ideia era voltar com dois esmaltes e uma base, já que a minha caminha para o final, porém é difícil segurar as mãos nessas horas e aí o resultado foi esse:

01 - Esmalte

Uma tentativa fail de fazer uma foto bonitinha e limpar minha barra com vocês! Hahahaha Mas me digam, olhando para essas cores, dava para ignorá-las tão facilmente? Agora vocês me entendem!

Claro que conforme usar os esmaltes, vou mostrando aqui, a ideia do post é fazer uma geral da coisa mesmo. Então vamos conhecer um pouquinho de cada um deles:

02 - Esmalte

Finalmente comprei meu primeiro Anita. Até falei da marca AQUI, lembram? Depois disso, fiquei com mais vontade de testar, mas me faltou oportunidade de ir até o centro de SBC, único local que encontro os produtos. Dessa vez deu. Até fiquei com dúvidas em qual levar e no final optei pelo 43 Dádiva, um roxo acinzentado perolado bastante bonito. Custou R$ 4,50 na Acqua.

03 - Esmalte

Esses dois foram os responsáveis pela minha peregrinação batateira (entendedores entenderão esse ponto!). Vi em vários sites que a Colorama havia lançado a coleção Pimentinha e entre todas as cores, somente três chamaram a minha atenção: o Ardente, o Sussuro e o Flerte.

Mas ao vivo o terceiro me pareceu bem comum, então o deixei. O Ardente é bem vivo, me lembrou muito o Melancia, da mesma marca. Já o Sussuro é escuro mesmo, bem para o roxo, o que me interessa bastante. Cada um tinha o preço de R$ 4,25, também na Acqua.

Ainda na mesma loja, encontrei um vidrinho da Dote que me chamou muito a atenção:

04 - Esmalte

Usei muitos esmaltes da marca na minha adolescência e aqui no blog, infelizmente, a Dote apareceu poucas vezes. Aí que a Dani, do Unha Bonita, vinha fazendo um especial com cores sugeridas pelo Instituto Pantone e uma delas, claro, era a Radiant Orchid. Fiz meu próprio post aqui sobre isso, mas ela também deu boas sugestões.

Uma delas era o Sexy, da Dote. E na falta de um Bermuda Shorts, da ESSIE, esse poderia ser um bom genérico, além de entrar na lista da Pantone… comprei. Ok, tudo justificativa boba, mas o fato é que ele é lindo e merecia, né? Custou só R$ 2,50, na Acqua.

05 - Esmalte

O último esmalte que comprei nessa perfumaria foi o Black Tie, da coleção Special Glitz, da Jade. Sinceramente, não sei dizer se já usei algo da marca em toda a minha vida (a velha!), mas me lembro de ouvir boas recomendações. Esse, em específico, foi total influência das meninas do Loucas Por Esmalte, por causa deste post.

Eu sei que não é a mesma coleção que elas mostraram, porém como não encontro os holográficos aqui (e já tenho alguns da Hits), achei que esse poderia ser uma boa, além de me lembrar meu saudoso Cosmic Polish, da Eyeko, que mostrei lá no começo do blog.

06 - Esmalte

Ao sair da Acqua, fui Fikbella. E lá deixei mais dinheiro, graças às maravilhas em esmalte que a Maybelline faz. Dessa vez trouxe o 555 Midnight Purple, só para confirmar que estou em uma fase roxinha. Hahahaha. Ele ainda custa R$ 8,99, então as lojas têm mantido o preço sugerido pelo fabricante.

07 - Esmalte

Fiquei tão feliz de ver que a loja agora vende os produtos da YNC! Conheci os esmaltes lá na Beauty Fair e me encantei com a ótima qualidade deles, mas aqui em SBC era lenda. Dessa vez trouxe a base Protect Nail, que na época disseram ser muito boa. Ainda quero muito testar o top coat deles também, mas esse ainda não encontrei.

Paguei R$ 21,00, o que é caro, mas se for tão boa assim, considerando que vem 12ml e como é algo mais “luxo”, relevei. E à direita, a base Color Force, da Impala. Vou para o meu segundo vidro dela e estou bem feliz. Pode ser coincidência, mas minhas unhas deixaram de quebrar tanto e de ficarem amareladas depois que passei a usá-la. Então acho que funciona, né? Ah, custou R$ 3,99.

Eu juro que vou tentar me controlar mais com as compras, até consegui um tempo, vai… Hahahahah Mas também, tenho esmaltes para 5 gerações já!

Comprei! – Camisa jeans

8 abr

Oi, gente! Tudo bem?

Não sou muito de seguir a moda 100%, mas dessa vez um item tem chamado muito a minha atenção: a camisa. Estou querendo melhorar um pouco as minhas produções e acho que essa peça pode ser bastante útil e versátil.

Atualmente, busco uma xadrez, mas tudo começou com esse post da Sabrina, que reacendeu minha simpatia pelo modelo em jeans. Tive uma, em manga curta, na adolescência e usava bastante e essa da Renner que ela mostrou me interessou muito, embora achasse cara. Até cheguei a rodar nos shoppings daqui, mas nada.

Aí que na minha última tentativa, fui à loja de rua da Riachuelo. Gosto bastante das roupas de lá, possuem um corte legal e são até que bastante resistentes. Acho que fui ao provador com umas cinco diferentes, incluindo duas xadrez. Experimentava e me decepcionava, uma atrás da outra… Já estava bem desanimada, ia embora, quando passei na frente de uma arara, vi outra e pensei “ok, não custa tentar, pela última vez. Se funcionar, ótimo. Se não funcionar, nem procuro mais.”.

Entrei na cabine novamente, a vesti… E o resultado é esse:

01 - Camisa

Achei a MINHA camisa jeans, yeeeey! É mais ou menos como essa aqui, porém na lavagem mais escura, que, aliás, prefiro. Acho que fica mais elegante e me dá mais ideias de uso.

Pois bem, ela tem o corte mais acinturado, manga longa com botão no punho (mas não aquele outro no meio do braço, sabem? Nada impossível de se pregar também) e mesmo sendo tamanho 36, ficou um pouco larga nos braços. Acho que eu emagreci ou as confecções mudaram novamente seus padrões de medida.

Ela tem um jeans bem molinho e botões de pressão com efeito perolado, vejam:

02 - Camisa

Já pensei em usá-la com a calça roxa que comprei na Renner e uma blusinha clara por baixo. Ou preta. Ou com saia, calça mais clara, short mais arrumadinho, por cima de vestido… Acho que minha cabecinha está começando a me dar ideias de visuais com ela.

Paguei R$ 99,90, o que não é barato mesmo para mim, mas achei que poderia ser um bom investimento e pela versatilidade, compensar o preço, né? Agora é colocar no uso, que tal mais sugestões?

Comprinhas na Renner e Maybelline

25 mar

Oi, gente! Tudo bem?

Havia prometido ser mais econômica esse ano, lembram? E até que tem dado certo, final de semana passado foi (acho eu) uma das primeiras vezes no ano em que comprei roupa para mim, pensando no lado mais moda da coisa.

Aproveitei uma ida ao shopping para conhecer as coleções de inverno das lojas de departamento daqui (Renner, C&A e Riachuelo), deixando de lado outras que, não existem aqui ou estão fora do meu poder aquisitivo ou ainda, não tenho sorte em encontrar algo que me sirva.

Mas esse bla bla bla todo é para mostrar o que encontrei no “passeio”:

01 - Compra

Antes que me perguntem, não, o Boyish ‘n Girly não irá virar um blog de moda, até porque não entendo nada do tema e nem é o perfil daqui, mas acho válido mostrar algo interessante. Na Renner, podemos encontrar muitas coisas em tons de roxo, vermelho, preto, cinza e verde escuro, com texturas de lã, moletom, jeans, sarja couro e veludo.

Essa calça estava meio que na entrada e é uma skinny de veludo roxa (quase vinho) muito bonita, com estampa de flor que me lembra algo meio barroco (confere, produção?), vejam só:

02 - Compra

Ela não chega a ser capri ou cigarrete, mas também tem esse detalhe do jeans, que pode ser aberto de acordo com o visual. Eu, por exemplo, penso em usar essa calça com sapatilhas e em caso de saltos ou botas, abrir esse zíper. Não gosto daquele “empapado” que fica nas barras, sabe?

Confesso que enquanto experimentava (e percebi que emagreci, já que a menor, número 36, deu certinho) fiquei pensando em combinações. Preto, branco, cinza e bege são as mais óbvias para mim, mas cheguei a pensar até se não daria certo com marrom, o que acham? Acredito que dê certo com jaquetas jeans e de couro, mas vocês que são mais entendidas de moda, me deem sugestões, please!

Infelizmente não encontrei na loja virtual da Renner, talvez seja por ser da coleção nova. Mas tinha nas lojas físicas, somente nessa cor, a R$ 99,90 (ok, não é barato, porém hoje nada está, né?).

03 - Compra

Estava demorando para mostrar esmalte, não? Hahahaha Lá no shopping tem um daqueles quiosques da Maybelline e como adoro os esmaltes da marca, parei para olhar. Me lembrei que havia visto fotos de unhas com um cinza escuro lindo, mas não me lembrava do nome.

Depois de olhar todo o painel por minutos, acabei optando pelo 530 – Stunning Slate, um cinza escuro com shimmers azulados beeeem discretos, porém lindos:

04 - Compra

Ah, Carla, mas essa cor nem é novidade! Provavelmente não, mas pensei na qualidade dos esmaltes da Maybelline que, em mim, é ótima. O preço ainda continua o mesmo, R$ 8,99, o que pode nem ser muito barato, mas se tiver o mesmo resultado dos outros da marca, está valendo!

Até que estou seletiva, vai? Talvez no final de semana visite novamente outras unidades daqui (porque não dei sorte na Riachuelo e C&A). Queria muito ver a coleção da MOB para a C&A, mas aqui no ABC é lenda, infelizmente!

Deixando (mais) dinheiro com a Melissa

26 fev

Oi, gente! Tudo bem?

Semana passada, a Melissa fez um evento em suas lojas físicas (chamadas Clube Melissa) para mostrar sua nova coleção: a Nation. Recebi um e-mail com o convite e resolvi ir na unidade daqui de São Bernardo. Era mais para relacionamento e ver os produtos que chegaram aos pontos de venda.

Por isso, acabei não fazendo fotos do encontro em si, mas do que trouxe de lá (porque, óbvio, eu sair de lá sem nada nas mãos é pedir demais, né?). Vejam só?

01 - Melissa

Então temos:

– Melissa comprada (já mostro, segurem a ansiedade!);

– Revista Plastic Dreams;

– Passaporte Melissa;

– Copo do evento (esse eu ganhei).

Mas vamos mostrar cada um dos itens, né? Começando pela revista:

02 - Melissa

Nunca entendo essa questão com a Melissa, meu cadastro no site está atualizado e não recebo os exemplares. Uma vez alterei o e-mail, aí recebi. Na Galeria Melissa raramente me dão e no Clube Melissa, ganhei (na verdade, pedi, iam esquecer de me dar). Hoje se você comprar algum calçado na loja virtual, irá receber.

De qualquer forma, vocês se lembram quando falei da Soldier lá no desfile da marca, na SPFW? É essa da capa. Linda, né? Ainda não faço ideia do preço e de quando chega às lojas (creio que deva ser lá para o começo de março), mas é bom ficarmos de olho.

03 - Melissa

Aí que a Melissa está com uma promoção. A cada R$ 200,00 em compras nos Clubes Melissa, você ganha esse passaporte. Com isso, você acumula pontos, que podem ser trocados por brindes. A mecânica é a seguinte:

04 - Melissa

Se você compra ao menos R$ 200,00, ganha o passaporte. Na próxima vez que gastar esse valor, ganha um carimbo no documento e assim sucessivamente até acumular 6 carimbos. Ao alcançar o 3º, já ganha um brinde, no 5º o segundo e no 6º, o último.

Entre os itens que serão dados estão porta passaporte, máscara para dormir e nécessaire. Vale lembrar que a promoção só vale para os produtos da coleção Nation e o primeiro carimbo já vem ao receber o documento. Assim:

05 - Melissa

Fiz uma edição tosca da imagem, borrando só o número da nota fiscal da minha compra, mas tirando isso, não há alteração. No final, a promoção pode ser meio cara à primeira vista, porém se pensarmos bem, em mais ou menos seis meses (ou até um ano, dependendo do estoque) e se você gostou da coleção, dá para acumular. Eu, Carla, acho que não chegarei a tanto, talvez no máximo 3 carimbos, só que a gente nunca sabe, né?

Lá no evento, também ganhei um copo, no qual eram servidas as bebidas. Vejam bem, até onde sei, não havia brindes, mas eu ganhei talvez por relacionamento com a equipe. Isso significa que não adianta ir até a loja e esperar sair de lá com o copo, ok?

06 - Melissa

Fiquei com dó de usá-lo no dia a dia, então ele se tornou um ótimo porta-pincéis já. É bem bonito, né?

Mas como não sou de ferro, deixei algumas dilmas na loja e saí de lá com duas Melissas. Uma não está aqui porque é presente, porém a minha sim:

07 - Melissa

Pela caixa podemos ver que é da linha feita em parceria com o estilista Karl Lagerfeld. Entre tantos modelos da coleção Nation, me encantei com a Ultragirl + Karl Lagerfeld:

08 - Melissa

Fiquei muito na dúvida entre a versão azul ou pink, mas como me lembrei que tenho Melissas rosa e preciso variar nas cores, fui na azul. Posso ser muito besta da minha parte, mas não parece que ficou uma caretinha, com a combinação dos óculos e o furinho na ponta da sapatilha? Adorei!

09 - Melissa

Só para avisar: o pin da marca foi substituído por uma imagem do kaiser (assim como na primeira coleção) e prateado. Ah, o plástico está bem mole, então dessa vez acabei pegando um número menor (33/34), já que o meu normal, 35, ficou muito largo e saía dos pés. A vantagem é que a que trouxe não amassou meus dedos, yeeey!

Ela custa R$ 139,90 e já está à venda normalmente. No dia, também experimentei outros modelos: a Lady Dragon III, de salto grosso (e desisti, em mim a tira na parte de trás não segura meus pés), a It (achei um pouco pesada, mas bem quentinha) e a Ultragirl Gareth Pugh II (linda, porém um pouco larga).

Ainda espero a Jean + Jason Wu, que provavelmente comprarei (alguma dúvida que amo esse modelo?), mas espero que demore um pouquinho, já que dessa vez fali. hahahaha Se você gostou de algum modelo, já vale ir às lojas físicas, experimentar e trazer o seu!

Comprei – Esmalte Maybelline Color Show, Fuchsia Fever

5 fev

Oi, gente! Tudo bem?

Comentei alguns posts atrás sobre dois esmaltes da linha Color Show, da Maybelline, que comprei, lembram (está tudo AQUI)? Pois bem, não me aguentei e já adquiri mais um! Heheheh Mas justifica, olhem que bonito:

01 - Maybelline

Peço perdão às fotos toscas, mas na correria em que estamos foi a única forma que consegui mostrar. Comprei o Fuchsia Fever, que tem bem menos roxo azulado que a imagem mostra. Ele me lembra algo na linha do Noite Quente, da Colorama, que adoro e sempre coloco na minha lista dos prediletos.

02 - Maybelline

O legal dos esmaltes da Maybelline é que são hipoalergênicos por natureza, acabamento de gel (de grande brilho) e o pincel achatado, que facilita a aplicação:

03 - MaybellineQuero muito testar algum da marca, quem sabe esse final de semana? Aí digo se é tudo isso mesmo ou só propaganda. Eu comprei esse nas Lojas Americanas do centro de São Bernardo, a R$ 8,99, preço sugerido pela marca. Tem tanta cor bonita que dá vontade de levar tudo, alguém quer recomendar alguma?

Comprei! – Melissa Queen

4 fev

Oi, gente! Tudo bem?

Estava para fazer esse post há tempos, mas por um motivo ou outro, não conseguia. Aos poucos a Melissa vem colocando em sua loja virtual os modelos na nova coleção, chamada Nation.

Entre todos os modelos, gostei bastante da Queen, uma sapatilha peep toe bem fofa, com carinha delicada e algo meio anos 50, sabe? Eu juro que estava me segurando para não comprar mais, mas mommys (que tem controlado meu lado melisseiro) acabou me permitindo comprá-la. E cá está ela:

01 - Queen

Aliás, uma observação. Essa foi a primeira vez que a Loja Melissa demorou para entregar meu pedido. Eu sabia que era pré-venda, mas normalmente recebo o produto em, no máximo, uma semana. Dessa vez levou três e a caixa ainda chegou meio amassada. Me preocupa? Não, enquanto o sapato não seja danificado. Porém, vale a informação.

Repararam que a caixa mudou? A tampa voltou a ser preta e na parte inferior, temos o nome da coleção estampado, como estava no desfile, lembram?

02 - Queen

Mas vamos falar do modelo. A Queen tem cinco cores disponíveis:

– Preta fosca com o laço e tira do tornozelo branca;

– Vermelha fosca com a tira e laço laranja;

– Cinza inteira flocada;

– Rosa bebê com laço e tira pretos (fosca);

– Preta fosca com laço e tira da mesma cor, porém com brilho.

Optei pela última, já que seria mais fácil de usar com as roupas que tenho e dá um toque bem feminino, delicado e fofo. Também gostei do fato de não ser flocada, dá menos trabalho para limpar.

03 - Queen

Bem fofa, né? Até parece simples, mas acho que será uma boa opção para o outono/inverno. Dá para usar com meia calça e vestido, sem a meia… As combinações sempre se tornam mais simples e versáteis com tons neutros, ao menos para mim!

04 - Queen

O pin com o M da marca possui cor prata e me parece bastante discreto. Eu, sei lá o motivo, achava que a tira saía, podendo ser usada no peito do pé. Mas me enganei, ela é fixa, ok?

05 - Queen

O laço não é fixo como o da Hoop, por exemplo. É mais ou menos como da Ultragirl Sweet da coleção passada. Fiquei com a impressão de ser mais frágil, mas como sou bastante cuidadosa, acho que nem terei problemas. De qualquer forma, vale prestar atenção, ok?

A abertura na frente foi algo que me surpreendeu. Raramente uso peep toe porque meus dedos escapam na frente. Na melissa Queen fica bem delicado, já que a abertura é pequena e pouco mostraram meus dedos. Ah, antes que me esqueça, comprei em meu número mesmo (35) e deu certo. Calçando, ela me lembrou bastante a Trippy.

Ainda não a usei, só coloquei nos pés para fazer as fotos abaixo (desculpem os pés toscos):

06 - Queen 07 - Queen 08 - Queen

Gostei tanto dela em meus pés, deu um ar bastante feminino, não? Ela custa R$ 109,90 e a minha comprei AQUI, mas hoje o modelo está em falta (fiquem de olho, deve voltar). Tem também AQUI (já comprei e deu tudo certo)AQUI (nunca comprei, porém sempre ouço boas recomendações da loja). Ou também na Galeria Melissa, Clube Melissa mais próximo de você e pontos de venda autorizados.

Agora sim! Novos esmaltes Colorama, Impala e Maybelline Color Show

15 jan

Oi, gente! Tudo bem?

Assim como contei ontem sobre a saga para encontrar a sombra da Maybelline, também havia uma outra, em paralelo, sobre  esmaltes. Ok, sei que prometi comprar menos (e estou levando isso realmente muito à sério), mas esses eram produtos que queria há algum tempo e sei que vou usar. E que foram meio que meu “agora chega, já tenho muitos”. Vamos ver como será daqui para frente. hahahahaha

O fato é que estava procurando uns vidrinhos em específico e como vocês sabem, infelizmente não vivo em uma cidade que recebe novidades com frequência. Depois de quase dois meses procurando na região (sim, vocês leram certo, DOIS MESES), finalmente encontrei o que queria:

01 - Esmalte

E como podemos ver, nem eram itens tão absurdos, né? Imapala, Colorama, Maybelline e Alfaparf naõ são tão difíceis de serem encontrados. Quer dizer, a menos que falemos daqui. Hahahaha

02 - Esmalte

Minha câmera, como sabemos, tem a mania de transformar o roxo em azul, então a imagem em que o vidrinho da Impala teve a cor mais próxima da real é essa acima, ok? Ainda assim, diminuam o azulado. Não quis alterar a cor em editores de imagens para não forçar a barra, prefiro ser honesta mesmo.

03 - Esmalte

Pois bem, vocês se lembram desse post sobre a linha feita entre a marca e a atriz Isis Valverde? Pois bem, de todas as cores, me interessei pelo Laura, o roxo cremoso da foto acima e o Carolina, um fúcsia perolado. Na época minha mãe encontrou o segundo e trouxe para mim, pagando R$ 5,99 nele (caro, não?).

Quinta passada precisei ir ao centro da cidade e em uma passadinha pela Perfumaria 2000 vi a linha toda, a R$ 3,99 (ainda caro, mas já melhorando). Trouxe para ver qual é. A coleção ficou bonita, porém as outras tonalidades me pareceram comuns, além de o escorpião em meu bolso falar mais alto, então encerrei minha cota. Hahahahaha

04 - Esmalte

Na mesma loja encontrei o Jura?, da coleção Papo de Salão, da Colorama. Esse eu procurava desde o começo de dezembro também e nada de encontrar. Aliás, as vendedoras aqui sequer sabiam da existência dele, para terem noção do atraso cosmético da minha cidade.

Gosto bastante dessa família dos magentas cremosos porque eles são mutantes, cada tom de pele fica com uma cor diferente dele. E cria aquele contraste legal com minhas mãos branquelonas. Vale lembrar que todos os esmaltes da Colorama são hipoalergênicos e possuem preço muito camarada (paguei R$ 1,99 nesse, coisa boa mesmo!).

05 - Esmalte

No mesmo quarteirão há outra perfumaria, a Padron. Essa é super conhecida aqui, seja pelo tamanho, os preços até que bons, como também pela baderna lá dentro, a falta de organização e a nem sempre boa vontade no atendimento. Quando vou lá, ignoro parte desses problemas, respiro fundo e sigo direto à prateleira dos esmaltes, lá no fundão.

Foi lá que encontrei o Vinho Viola, da Alfaparf. Fiquei tão impressionada com a minha experiência com um esmalte deles que quis experimentar outro (contei AQUI, lembram?). Minha câmera também alterou a cor aqui, mas podem imaginar que é vinho mesmo. Adoro a cor, acho fácil de usar e aqui em casa todo mundo gosta.

Paguei R$ 6,59, o que pode nem ser barato, mas como vem bastante no vidro e se o produto for bom mesmo, vou achar um ótimo e justo investimento. Vamos ver.

06 - Esmalte

Agora esses dois… Foi bem na linha da saga da sombra de ontem, com os diferenciais de quase não encontrar swatches deles em sites/ blogs e não conhecer nenhum e-commerce que os vendesse. Não os achava no ponto de venda da Maybelline daqui, cheguei a ir até a famosa Ikezaki (sem sucesso também) e já estava bem naquelas “quando conseguir, compro, senão deixa para lá, fazer o quê?“.

Até que, milagrosamente, tinha lá na Padron. E nas cores que queria, yeeey! Na verdade minha vontade foi trazer mais, mas nem posso (dá para ter um leve surto com a cartela de cores). hahahaha O objetivo era testar o Pink Bikini (esse da esquerda) e o Lavender Lies, à direita.

A embalagem deles me lembrou às da quem disse, berenice? e os mais recentes da Hits, é redonda e mais gordinha. Ainda não testei nenhum, mas claro que quando os fizer, posto aqui, Cada um custou R$ 8,99, o preço estipulado pelo fabricante mesmo.

Eu sei que agora nem posso mais reclamar de falta de opções esmaltísticas, minha caixa parece um arco-íris de tantas cores e acabamentos. Alguém quer dar uma sugestão para o post de domingo? Pode ser acabamento, tonalidades, marcas…

Testando – Sombra Color Tattoo N. 35, Tough as Taupe, Maybelline

14 jan

Oi, gente! Tudo bem aí?

No final do ano passado a Maybelline trouxe duas linhas de produtos bastante interessantes e que as brasileiras adoraram: os esmaltes Color Show e as sombras Color Tattoo. Além de serem cosméticos diferentes (ao menos na proposta), outra vantagem é que não custam um rim e um pulmão caro, como em outras empresas, sabem?

Já usei muitos itens da marca, especialmente as máscaras e lápis e gosto bastante, acho que cumprem muito bem o que prometem e possuem ótima fixação (quem nunca sofreu para tirar a Colossal? No meu caso era a Volum’ Express). Então, curiosa como sou, já estava de olho nas sombras e esmaltes. Mas quem disse que os encontrava aqui?

A ideia é que em breve estivesse disponível nos quiosques da Maybelline e em e-commerces. Acompanhei mais o segundo caso e nada de encontrar. Cheguei a ir duas vezes em um shopping daqui que tem o espaço da fabricante (talvez o único em SBC, aliás) e a vendedora me disse que havia até fila de espera, não tinha mais nem peça para repor o display.

Eu queria fazer aquele olho da maquiagem da Julia Petit, com a Color Tattoo e a sombra da MAC, porém já tinha até meio que desistido. Até que semana passada fui ao shopping com mommys e em uma passadinha no corredor que estava a Drogasil, parei para me pesar (Carla saudável está funcionando, mesmo peso desde antes do Natal!). E quem estava do lado? A prateleira com os produtos da Maybelline, COM algumas unidades da Color Tattoo. Alguém mais entendeu o sinal? Kd os anjos e sinos tocando?

Assim que desci da balança, fui lá ver. E tinha a cor que queria, então na hora a peguei e fui direto ao caixa (vai que tivesse mais coisa e eu ficasse tentada a comprar? Melhor não…):

01 - Compra

Esse é o fundo da embalagem, com o nome do produto. A tampa é preta e fica no fundo, com a descrição da cor. Infelizmente, as informações de validade e lote ficam em um lacre de plástico, que sai na hora de abrir a sombra (vamos rever isso, Maybelline?). Aliás, ela deve ser usada até o começo do ano que vem, mas DUVIDO que eu conseguirei. hahahaha

Engraçado que quando a vi na prateleira, cheguei a pensar “mas que cor mais nhé, me parece muito clara e acho que não vai rolar”. Quando cheguei em casa, tirei o plástico e a abri, tive a primeira surpresa:

02 - Compra

Ela tem, ao menos no pote, uma cor meio café com leite, sabem? À primeira vista parece um tom puro de marrom claro, mas ao passar o dedo, olhem a segunda surpresa:

03 - Compra

Escurece e fica cinza, gente! Olhem que legal! Adorei porque fica bem a tonalidade taupe mesmo, esse marrom acinzentado indefinido, mas bastante interessante. No site oficial, a Maybelline a descreve como:

“Uma sombra inovadora que garante olhos coloridos por 24h! Essa longa duração só é possível graças a tecnologia exclusiva com pigmentos intensos e textura em gel creme que resulta em uma fórmula com cor saturada que não desbota ao longo do dia.
A nova Color Tattoo 24HR é incrivelmente fácil de usar, e, ao mesmo tempo, proporciona um acabamento perfeito e profissional.”

Eu achei mais que  há uma textura de creme, mas em coisa de segundos ela seca e fica parecendo um pó. Tem que ser rápida para espalhar porque ela gruda mesmo (mas não meleca, sabem?). Aliás, falando nisso, na sexta, quando fiz essas fotos, fiz os swatches nos braços, para mostrar aqui:

04 - Compra

Aí fotografei e fui fazer outras coisas. Isso era lá para às 14h. Às 18h, saí para fazer uma caminhada (projeto saúde mesmo!) e quando olhei, os dois pulsos tinham o traço exatamente igual ainda. Hahahaha Me esqueci completamente! Comecei a esfregar e o negócio não saía de jeito algum.

Coloquei o braço na água corrente e passar o dedo. E então ela saiu. Ou seja, não sei se dura as 24 horas previstas, mas é daquelas que não dá para ficar esperando muito para trabalhar e talvez seja melhor não usá-la na pressa, a menos que você saiba como aplicar.

Digo por experiência própria, sábado resolvi testá-la, quando tinha 20 minutos para me arrumar e sair. Por mais que fosse cuidadosa, ainda acho que preciso de tempo para lidar com ela. Minha sorte foi que não exagerei, senão tirar ou arrumar seria bem complicado! hahahaha

Paguei R$ 24,90 na minha, mas infelizmente não tem ainda no site da Drogasil. Encontrei na Sépha, Sephora, Loosho e Onofre, com leves variações de preço. Acho que realmente vale a pena comprar a Color Tattoo, dá para usá-la como base para outras cores, delineador e sombra mesmo.

Começando o ano com (novos) gastos na Sephora

7 jan

Oi, gente! Tudo bem?

Antes da virada do ano, estava de olho nos blogs e sites que acompanho, procurando inspirações para maquiagens de fim de ano. Nunca sigo 100% os tutoriais, até porque não tenho todos os produtos, mas vou caçando um olho daqui, a pele de lá, aquela outra boca… Adaptando para o que tenho, consigo fazer e acho que ficará bom em mim.

Dá certo? Às vezes sim, outras não… Maquiagem é muito disso, né? Tentar infinitamente, até achar algo que te favoreça ou ao menos aprender algo novo. Dessa vez, encafifei com esse tutorial da Julia Petit (sempre ela), principalmente pelo olho. Gostei muito da base que ela criou e da sombra utilizada. Descartei o lado de delineador porque estava com preguiça imensa de refazer, caso errasse tudo (e ainda bem, porque ganhei tempo).

Tudo isso para dizer que a ruiva fez eu pedir meus últimos itens de 2013 na Sephora. Me “dei” como presente de natal (ok, já havia me dado muitos presentes, inclusive o carro, mas esse foi realmente o último), comprando no dia do tutorial mesmo. Aproveitei para pedir mais um produto que estava bem empolgada em usar e será bastante útil.

E como a loja é meio mãe, ainda recebi amostras. Então a caixinha virou caixona e o saldo foi esse:

01 - Sephora

Parece que comprei o estoque da loja, não? Mas nem foi, então vamos conhecer cada um dos produtos pedidos:

02 - Sephora

Confesso que não sou muito de usar primer. Já tive alguns e não deram certo em mim, então tinha abandonado um pouco a ideia de ter outro. Aí que na última ida à Sephora (a física), junto com a Fernanda, vi que usaram o Creme Pré-Maquiagem Photo Finish Foundation Primer, da Smashbox, nela e achei ótimo.

Como verão estava a caminho e mesmo a minha pele não sendo a mais oleosa, a gente transpira e ninguém quer ficar derretendo, certo? Então pedi a versão menor do produto, de 12ml, que realmente é pequena:

03 - Sephora

Usei no Natal (dias 24 e 25) e AMEI esse cosmético! É realmente muito bom! Tem aquela textura meio siliconada, porém seca rapidamente, não sai, segura bem mesmo a maquiagem e deixa a pele lisinha, seca, macia… Não posso falar no quesito “controle dos poros”, porque os meus não são dilatados e nem foi com esse motivo que comprei.

Ainda o acho muito caro (R$ 79,00), mas com a frequência que usarei, para mim valeu o investimento. Nas duas vezes que usei estava bem quente e abafado e mesmo transpirando, ele ficou ok. Talvez em cidades muito quentes e/ou peles oleosas o resultado seja diferente (se é seu caso, me conta). Enfim, valeu mesmo!

04 - Sephora

A “culpada” pela compra, além da Julia Petit, foi essa sombra, a Pressed Pigment, da MAC, na cor Deeply Dashing. Nunca tive pigmentos, nem tenho vontade em comprá-los, porque fazem aquela zona, raramente os uso e seria desperdiçar dinheiro. Nesse formato acho que uso mais.

É como se fosse o pimento do potinho, porém prensado como uma sombra. Há um fundo de pó nele (no caso dessa, marrom), mas o forte é o glitter e todo seu brilho. Dá para ver melhor nas fotos abaixo:

05 - Sephora

06 - SephoraImaginem que ela está mais para o swatch no dedo que o do braço. Aliás, quando passei no pulso, pensei “hmmm… fraquinha, hein?”. Aí a cabeçuda aqui usou o Pressed Pigment por cima da Nunete, da quem disse, berenice? e gente… o efeito foi outro! Muito brilho mesmo!

Linda mesmo! Acho que não dá para usá-la sozinha, por isso fazer uma base com outra sombra se torna necessário, mas achei legal que como ela é meio marrom, roxa e até cinza, vou poder brincar com o fundo. Imagina uma preta? Ainda estou na busca pela que a Julia Petit usou (a da Maybelline), porque deve ficar legal. Continuo achando cara (R$ 99,00), porém quando a gente cisma com algo, né? Fazer o que? hahahahaha

Agora vamos aos brindes:

07 - Sephora

Quando fiz meu pedido, a Sephora estava com uma promoção que a cada R$ 49,00 comprado, se ganhava uma máscara Fabulash à prova d’água, da Revlon. Não abri a minha porque tenho outros em uso e nem sou muito de itens waterproof, por causa dos meus olhos sensíveis.

Mas vou guardá-la para usar futuramente. É uma pena que não tenha mais no site, para indicar aqui também. Sempre leio boas resenhas dos produtos da marca, especialmente as bases e máscaras. Alguém já usou? O que acham?

08 - SephoraComo a soma dos cosméticos que pedi deu um valor razoável (para não falar alto), também tinha direito a escolher algumas coisas. Entre todos os perfumes masculinos que eles ofereciam, havia alguns poucos produtos femininos que me interessaram, entre eles a Base Brightening & Hydration Foundation e o Pré-Maquiagem Smoothing Primer, ambos da própria Sephora.

O primeiro dos itens, infelizmente, não pude testar. Veio um cartão com dois pinguinhos da base, um de cor clara e outro da média (não me recordo exatamente os nomes). Mas mesmo o tom claro ficou escuro e amarelado em mim, então repassei para a minha irmã. Ainda não a “interroguei” para saber a opinião dela. Assim que a tiver, digo algo aqui.

O primer testei no Ano-Novo só. E gostei bastante! Ele tem a mesma textura do da Smashbox, mas é um pouco mais grossinho, então precisa espalhar bem para não deixar acumulado e ele acabar “esfarelando”, sabem? Ele tem quase o mesmo preço do outro também, infelizmente.

09 - SephoraRecebi uma amostrinha do Carven Le Parfum Feminino Eau de Parfum, da Carven. AMEI esse perfume, é fresco, com um toque floral, daqueles de usar durante o dia mesmo (mas sem tomar banho, eu exagerei na primeira vez e em 5 minutos ganhei uma crise de espirro).

Segue a mesma linha do Dahlia Noir, da Givenchy, porém menos floral e com maior fixação. Aliás, prefiro o Carven entre os dois, pena que ele custa mais que seu “primo”. E vocês sabem que eu sou A chata com aromas, ainda mais os florais, por isso se gostei, dá para confiar sim.

10 - Sephora

A caixa maior é do 212 VIP Recovery Skin, da Carolina Herrera. Achei legal que ele vem com essas 3 garrafinhas (bonitinhas, né?), cada uma com uma função diferente: um tônico, hidratante e um tonalizante. Todos eles possuem o aroma do perfume, o que me deixou curiosa em saber se não se tornará enjoativo.

Vou testá-lo e talvez fazer um post só sobre ele, mas infelizmente não tem mais na Sephora. Alguém sabe onde vende e o preço? Já testaram? Agora prometo que vou me conter, ok? Ao menos por enquanto, nada de compras. hahahahaha

(Finalmente) Chegou! – The Beatles, On Air – Live at the BBC Volume 2

18 dez

Oi, gente! Tudo bem?

Vocês se lembram quando falei nesse post sobre o lançamento do CD duplo The Beatles – On Air – Live at the BBC 2? Até comentei que já havia pedido o meu. E comprei mesmo, então quero não só contar mais sobre o produto em si, como também minha experiência na aquisição.

Primeiro, a parte boa:

01 - Compra

Ói que bonitinho, gente! Nem digo isso como fã, mas sim como quem gosta de boa música mesmo. É muito capricho na embalagem, recheada de informações e referências da banda e da época. A capa traz uma imagem clássica do quarteto, nos primeiros anos de carreira.

Ao abrir, começam os momentos “own!”:

02 - Compra

Do lado esquerdo, temos um livreto com informações das gravações, de alguns momentos dos Beatles, conversas, faixas que os CDs trazem… Logo mostro a parte interna. Já à direita, alguém sentiu um pré-Let it Be? Pode ter sido uma coincidência, embora quando se fale do Fab 4 nunca acredito muito que tenha sido “sem querer”.

De qualquer forma, reparem nas caras de menininhos do Paul e do George! Sem contar todo o estilinho, que vira e mexe é reproduzido nas moda atual, né?

03 - Compra

Virando a “página”, temos uma foto clássica de Londres, com os dois CDs presentes. Ambos contém a tradicional imagem da maçã, como os Beatles costumam usar para fazer referência à Apple, sua gravadora. Mas voltando ao livreto, olhem algumas imagens:

04 - Compra

Paul e John (e texto de sir Paul McCartney à direita):

05 - Compra

Brincadeiras no aniversário de 21 anos do Paul.

06 - Compra

O grupo próximo às instalações da BBC de Londres.

07 - Compra

Fazendo o que melhor conseguiam: tocar.

08 - Compra

Estou besta com essa foto… Alguém acredita que ela tem talvez 50 anos de existência (!!!)? Me parece super atual, daquelas que vemos de várias bandas ou atores por aí, não? Se mudarmos o tamanho da gravata aqui, pentearmos o cabelo mais para o lado ali, mudarmos um pouquinho o cós da calça lá… Temos 2013! Linda foto!

Sobre as músicas, eu diria que os fãs vão se deliciar. Dá para sentirmos como o quarteto era em uma fase bem crua, as primeiras versões de clássicos e claro, o humor ácido nas entrevistas. Aliás, falando das conversas, temos quatro delas nos finais dos CDs (John e George no número 1, Paul e Ringo no 2), com chances de vermos os Beatles fora das “amarras” em que estavam. Estou viciada nesses áudios!

Agora a parte chata. O CD foi lançado no dia 11/11 e estava em pré-venda em alguns locais. Aproveitei que a The Beatles Shop, e-commerce oficial da banda, já o disponibilizava para reserva e pedi o meu em 8/11. Eu nem esperava que chegasse até o dia do lançamento, mas achava que, por ser meio que uma exclusividade, não demoraria para tê-lo.

Pois bem, fiz o pedido, paguei os R$ 58,40 da conta (R$ 47,90 do produto e R$ 10,50 de frete) e fiquei esperando. Nada. Só uma atualização falando que a solicitação estava aprovada. Como estava com um monte de coisas acontecendo, meio que fui deixando. Lá para o dia 22, já estressada, enviei uma mensagem para eles, falando que esperava pela compra ou ao menos uma alteração do status no site e que se soubesse que demoraria tanto, não teria comprado ali.

Eles me pediram desculpas e disseram que até o dia 24 estaria com o CD em mãos, porque tiveram problemas na entrega. Quer dizer, se eu não os pressionasse, jamais saberia! E claro que nada aconteceu nesse período. Pronta para mandar outro e-mail, já sendo mais grossa e fazer reclamações oficiais, o produto chegou. QUASE VINTE DIAS DEPOIS DO PEDIDO!

Recomendo a loja? Jamais! Uma pena, porque tem muita coisa legal, mas para nos estressarmos como dessa vez… Esquece. Imagino como eles estarão agora, para natal e ano novo. Aliás, no site eles já dizem que não garantem que os pedidos feitos a partir de 13/12 cheguem até as festas. Se puderem, evitem.

Para os CDs, nota 10, para a loja:

Observação: desculpem o post gigante, mas não podia deixar isso passar.