Tag Archives: Maquiagem

Momento assessoria: coleção Copa das Cores, Colorama

21 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Semana passada a Colorama me enviou o release de sua nova coleção, voltada para a Copa do Mundo. A Copa das Cores traz, claro, uma cartela de tons que remetem à nossa bandeira, porém, com novidades. Vejam só:

01 - Copa das Cores

Se clicar, a imagem aumenta, ok?

São cinco cores, sendo três cremosas e duas cintilantes. Além disso, a coleção traz três coberturas, em tons bronze, prata e ouro, com o efeito tie-dye. Calma que já explico tudo:

02 - Corre Pro Abraço

O Corre pro Abraço é um azul cintilante, que, segundo a empresa, tem profundidade. Isso me faz pensar que ele possa ser mais algo com efeito glass flecked que cintilante em si. De qualquer forma, só vendo casmão mesmo, né? Mas achei lindo!

03 - Ooolé

O OOOlé! é um branquinho com glitter dourado. Quando vi a imagem pela primeira vez, ele me lembrou o acabamento que a empresa fez na coleção Pimentinha e Efeitos Especiais. Não é o tipo de esmalte que me chama a atenção de primeira, mas nessa época o pessoal sempre fica mais criativo, né?

04 - Aguenta Coração

Agora começamos com os cremosos. Não sei se isso é indício de uma fase verde chegando aí, porém gostei tanto do Aguenta Coração! Diz a Colorama que é verde bandeira, então ao vivo não sei se gostarei tanto, acho que ia acabar encostando. Na foto de divulgação está bem bonito!

05 - Na Traaave

O Na Traaave! (vou passar horas gritando esse nome, achei ótimo! hahahaha) é bem o amarelo aberto e vibrante da nossa bandeira. Eu, Carla, não curto, então esse vou passar.

06 - Vai que é Sua

O Vai que É sua Taffarel é outro que me chamou a atenção. Um verde esmeralda claro. Na foto, me lembrou o Verde Ninja, da coleção As Super Cores, mas ao vivo é outra história, né? Acho que esse eu vou procurar e comprar sim.

E agora os grandes destaques:

07 - Cobertura Bronze

08 - Cobertura Prata

09 - Cobertura Ouro

Não faço a menor ideia de como ficariam esses esmaltes nas unhas, mas as coberturas de Efeitos Especiais têm efeito de tie-dye bifásico, que promete aparecer em uma pincelada. A Colorama diz que não se deve sacudir o frasco (para misturar as cores) e sempre levar o pincel até o fundo do vidrinho.

Confesso que quando vi as fotos, de cara pensei “mas a Colorama lançando esmalte decantado? Como assim?”, aí li e entendi o motivo. Acho que entre as três talvez apostasse no bronze ou prata, porém ainda acho melhor ver direito. Como será que fica? Que coisa maluca e diferente, né?

Segundo o fabricante, cada esmalte deverá custar R$ 2,99 e as coberturas, R$ 6,99 (cada). No site não tem a informação se os vidrinhos já estão à venda, mas acredito que deva começar agora no final do mês ou comecinho do próximo. Na dúvida, vale consultar o SAC, no telefone 0800 701 0114. Ah, e todos eles são 5 free, ou seja, não tem tolueno, formaldeído, diburilftalato, resina de formaldeído e cânfora.

Observação: as imagens e base de informações para esse post são da Colorama, mas o texto é todo meu mesmo. Então, se for utilizar o post ou dados daqui, por favor, DÊ OS CRÉDITOS!

Comprei! – Esmaltes Avon Nail Pro + Esmalte 5 em 1

20 maio

Oi, gente! Tudo bem aí?

Há pouco tempo, a Avon lançou uma linha nova de esmaltes: a Nail Pro + Esmalte 5 em 1 (ufa!). O grande diferencial desse produto, segundo o fabricante, é que ele oferece alta cobertura, extrabrilho, cor intensa, protege e fortalece as unhas, além de ter um pincel que facilite a aplicação. O que mais gostei é que ele é 4 free, ou seja, totalmente hipoalergênico e sem formaldeído, resina tosilamida, DBP e tolueno.

Com isso, o valor dele também é mais alto: R$ 16,99. Hoje, o folheto mostra que está R$ 9,99. Não é barato, mas já ajuda, né? A Avon trouxe 8 cores para a cartela fixa do esmalte, além de 2 cintilantes em edição limitada (dá para ter uma boa noção das cores AQUI e AQUI). Até gostei dessas duas, mas qual seria a probabilidade de eu gastar um vidro inteiro de esmalte verde, custando quase 17 Dilmas? Pois é, melhor investir no que sei que vou usar.

Por isso, entre todas as cores e mesmo encontrando poucas resenhas, arrisquei e pedi dois vidrinhos:

01 - Esmalte

A começar pela apresentação. Todos os esmaltes da linha Avon Nail Pro + vem nessa caixinha preta bem chique. Me lembrou os da Risqué Metals. Ah, cada vidrinho vem com 12ml, o que é bom se pensarmos no preço deles, né?

02 - Esmalte

03 - Esmalte

Eu comprei o Nude Chic, um nude (dããããh!) que para mim provavelmente ficará mais bege amarelado. Esperava que ele tivesse um toque de rosa, mas tudo bem. No final, acaba sendo bom ter esse tipo de esmalte porque em situações mais “sérias”, ele se adapta muito bem.

Além dele, pedi o Viva Pink, um rosa Barbie bem acesinho, viu? Não é neon, mas nem acho que passará despercebido. Ambos são cremosos, não trazem aquela bolinha para ajudar a evitar que decantem (infelizmente) e possuem pincel longo e bem fininho:

04 - Esmalte

Ainda estou na dúvida se ele realmente facilita a aplicação, vai depender da consistência e pigmentação do esmalte também, né? Em geral, gostei dos que pedi. Nenhuma das cores é novidade, porém se ele for realmente tão bom quanto dizem, encararei como um investimento bem válido.

Na época em que pedi, paguei R$ 12,99 em cada vidrinho. Ainda acho caro, mas dá para pensarmos que está no mesmo patamar de Revlon, Boticário e quem disse, berenice? Vale a pena acompanhar os catálogos, porque pode cair o preço (na campanha atual já está R$ 9,99, vejam). E claro, conversar com a revendedora mais próxima, né?

Vocês já usaram esses esmaltes? O que acharam? Mais marketing ou é bom mesmo?

Esmalte da semana – Sexy, Dote e DS Extravagance, O.P.I

18 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Há tempos não “brincava” de nail art, né? Pois hoje teremos, dentro das minhas pífias capacidades, ok? Já mostro o(s) eleito(s) para essa semana, só preciso dizer que o Preto Sépia, da Risqué, me encanta cada vez mais!

Essa semana foi tensa, encarei pia com louças (e água gelada, abafem!), roupas para lavar, digitei… E ele aguentou firme. Até vi uns desgastes, mas isso foi lá para quarta. Para quem pintou as unhas toscamente na sexta, isso é excelente! Não tem jeito, para mim não há esmalte preto melhor que ele. No ranking eterno de 10+ sem pensar duas vezes!

Aí que né, por mais amor que tenhamos a um produto, a curiosidade sempre fala mais alto e vamos testar. JURO que estava quase recorrendo ao “uni duni te”, mas aí no final resolvi usar os dois e fazer filha única. Então hoje temos um combo, feito com o Sexy, da Dote e o DS Extravagance, da O.P.I:

01 - Esmalte
Contei sobre o esmalte da esquerda nesse post e lá acho que minha câmera e a luz mostraram melhor a cor dele. É, definitivamente, menos rosa que a da imagem acima, ok? Na hora da aplicação, ele me lembrou muito uma edição antiga que tinha do Maravilha, da Guga, quase como esse AQUI.

Abre parênteses: vocês acham que a moda de esmalte colorido é atual? Que nada! Quando tinha meus 12,13 anos (a looooong time ago, lá na metade da década de 90), algumas empresas lançaram cores diferentes. Eu mesma cheguei a usar rosa e azul neon da Impala (e eram ótimos!), verde da Guga, azul escuro cintilante e preto da Colorama… Colorama essa que ainda vendia esmalte com esse vidrinho, quadrado.

Ou seja, nosso mercado já “pirou” uma vez, aí adormeceu e acordou recentemente. E nessa época a Guga tinha um esmalte chamado Maravilha que era idêntico ao Sexy (Guga prevendo Bermuda Shorts? Furou o mundo!) e que amava profundamente! Era bem pigmentado, com brilho e ótima fixação. Comprava no mercadinho aqui perto, a menos de R$ 2,00 cada, acreditam? Eu era feliz E sabia! Hahahahha Fecha parênteses.

Ainda falando do Sexy, fiquei bastante surpresa com ele. É um magenta bem diferente que, na primeira camada, fica mais pink. E na segunda, mostra o lado roxo. Bastante pigmentado e até tranquilo de limpar, levando em consideração a minha falta de habilidade. Acho que se eu tivesse hidratado melhor as cutículas, o acabamento seria mais bonito.

Agora, o grande diferencial dele é que o esmalte quase que instantaneamente se torna fosco emborrachado! Nem suspeitava! Hahahaha Achei bem legal, mas como gosto do efeito com brilho, recorri ao top coat da Risqué. E ficou assim:

02 - Esmalte

03 - Esmalte

Como também não conseguia tirar o esmalte da O.P.I da cabeça, o usei no anelar. Reparem que na minha mão esquerda ele está por cima do Sexy e na direita, não. Isso mostra que a base roxa dele é bastante pigmentada e, ao menos nesse caso, passar outro antes não adiantou em nada.

Como expliquei nesse post, o DS Extravagance é um holográfico, mas que não forma prisma. No entanto, os glitters ficam bem evidentes. Isso acontece por ele ter pó de diamante, ao invés da pasta que forma os holográficos. E como sempre pedem para esmaltes com esse acabamento, não usei top coat. O.P.I é sempre bom de passar e limpar e nesse caso nem foi diferente, agora é ver se dura, né?

Mesmo com a esmaltação tosca, eu gostei dos dois produtos e pretendo usá-los outras vezes, mesmo. Estou me sentindo a filha saudosista que encontra um objeto antigo, mas também gosta do novo, sabe? Hahahaha Que saudades dos meus esmaltes antigos, devia ter deixado na caixa ou fotografado…

Esmaltes novos – O.P.I e Essie

14 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Recentemente, fui “vítima” de mais uma compra impulsiva. Não me lembro onde vi, mas internet tem aquela coisa doida de um clique te levar a outro e por aí vai. Nessas eu cliquei aqui e ali e parei na Meu Espelho, uma loja virtual de produtos para maquiagem e cabelo.

Nem ia comprar nada porque né, precisar, não precisava, mas a gente é totalmente influenciável mesmo e acaba clicando no “ok” do carrinho. Hahahaha Pois bem, meu pedido foi pequeno/ simples, porém ótimo:

01 - Esmalte

Agora dá para entender o motivo da compra, né? Estou perdoada?

02 - Esmalte

Ói que lindos, gente!

Do lado esquerdo temos o DS Extravagance, aa O.P.I. Tudo começou quando li dois posts das meninas do Loucas Por Esmalte (esse AQUI e o outro AQUI). Achei lindo, mas não queria pagar frete caro, porém também não queria pagar o preço cobrado aqui. Aí fui deixando de lado, mas olhando sempre de cantinho de olho.

Nessa pesquisada na Meu Espelho o encontrei e não resisti. Comprei. Quando o usar direito conto aqui, claro. Por enquanto lá vai a foto do famoso pincel da marca que é tão adorado no mundo “esmaltístico”:

03 - Esmalte

Só para não me esquecer, paguei R$ 37,50 (assim como qualquer outro da marca, então achei que valia mais a pena comprar esse todo diferente) e pode ser pedido AQUI. A ideia era comprar o Got The Blues for Red, que mostrei nesse post, mas o Extravagance falou mais alto. Hahahaha

Junto dele pedi meu primeiro Essie! Sempre tive curiosidade em testar e confesso que foi dificílimo escolher um só, especialmente entre os vermelhos, rosados e corais. Acabei escolhendo o She’s Pampered, um vermelho vivo com fundo avermelhado bem bonito. Esse é o pincel da marca, reparem que é bem mais fininho que o da O.P.I:

04 - Esmalte

Também não fiz nem swatch dele e sei que devo ter vários da mesma família de cor, mas não resisto! Assim como o da O.P.I, ele também é hipoalergênico, então todo mundo pode usar. Ele foi um pouco “menos caro” que o Extravagance, custando R$ 35,00, mas isso não significa que seja barato, claro.

Não posso reclamar da loja, eles me atualizaram de cada fase da transação, iam me informando e a caixinha chegou rápido, acho que em uns 3 dias, bem embalada e sem problemas. O grande problema é que agora já estou de olho em outros, especialmente o Mind Your Mittens e o Warm & Toasty Turtleneck. Ô vício!

Observação: esse post NÃO é um publieditorial, eu mesma comprei os produtos e indico a loja pela minha experiência.

Comparativo de batons – tons cor de boca – M.A.C e o Boticário

13 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Quando comprei o batom Brave, da M.A.C contei AQUI que estava pensando em fazer um post comparando alguns dos batons cor de boca que tenho. A gente acha que é tudo parecido ou até igual, mas eu mesma me surpreendi e vi que os que eu possuo são da mesma família, porém de tonalidades diferentes.

Antes de começar a mostrar, preciso explicar que cor de boca é diferente de nude. No primeiro caso, você realmente vai adicionar cor, mesmo que de leve, por isso eles tendem a seguir a família de rosa e marrom, ou seja, ele dará uma cara de saúde, porém de forma mais natural. No segundo, ele precisa ser exatamente da cor dos seus lábios, o suficiente para apagá-lo e deixar com aquela aparência de manequim, sabem?

Parece confuso, mas não é. Vamos ver na prática o que funciona para mim:

01 - Batom

Para não correr o risco de indicar produtos que estão fora de linha ou são difíceis de serem encontrados, fiz o post só com os batons da M.A.C que tenho, além de um do Boticário da mesma família de cor e que foi lançado há pouco tempo. Ninguém precisa ter esses mesmos, é mais para informar mesmo, ok?

02 - Batom

Aqui estão todos eles, fechados. Me surpreendi que tenho “somente” OITO batons da mesma família. Hahahaha É que realmente gosto do cor de boca e os acho bastante versáteis, dá para usar em reuniões de emprego, ambiente de trabalho, maquiagens leves, outras em que se carrega mais no olho…

03 - Batom

Aqui são todos abertos. Da esquerda para a direita, temos:

M.A.C Sheen Supreme Lipstick, cor Bare Again: esse é um dos meus prediletos! Muito confortável para usar, de fácil aplicação, bastante hidratante e com cor não muito forte. Ou seja, há a cor de um batom da marca e ao mesmo tempo o brilho de um gloss. Eu não vejo muito essa segunda parte, me interessa a textura leve e não pegajosa. Não dura tanto quanto um batom mate, mas não me importo. A cor é um pouco mais puxada para um marrom, algo meio caramelo e totalmente cremosa. Ainda acho que fica bem em mim. Custa R$ 79,00.

– M.A.C Lipstick, cor Fabby: talvez esse seja o único cor de boca perolado que eu tenha. O mostrei no comecinho do blog (AQUI) e talvez seja o que menos uso da marca. O considero um pouquinho mais seco que os outros que tenho, o que se explica pelo acabamento Frosty, que traz cor com acabamento cintilante médio a total.

– M.A.C Lipstick, cor Brave: o último da marca que comprei. Com acabamento Satin, que oferece bastante cor, acabamento semi-opaco, acetinado e suave. A marca diz que ele também condiciona os lábios. Não é o acabamento que mais gosto, porque prefiro algo mais hidratante, mas está longe de ser mate, que evito ao máximo. É bem mais rosado que o Bare Again e mais quente que o Fabby também.

– M.A.C Lipstick, cor Half ‘n Half: meu predileto. AMO ao cubo e tenho a maior dó de usá-lo e acabar logo. Hahahaha. Ele tem acabamento Amplified Crème, que traz brilho discreto, é bastante cremoso e com bastante cor. Entre todos os que  tenho, é o que mais uso e vejo com maior versatilidade. Usei em entrevista de trabalho, depois que consegui o emprego… Talvez ele seja o cor de boca ideal para mim.

M.A.C Lipstick, cor Hug Me: todo mundo adora esse batom! Aí de tanto falarem, comprei. Ainda não estou apaixonada por ele, mas está próximo. Bem confortável nos lábios, porém o acho mais marrom em mim que o rosa que dizem por aí. O legal dele é que ele tem acabamento Lustre, sendo semi-translúcido e aquela aparência de mais molhado. Então ele oferece menos cor e mais hidratação, mas ainda não pode ser comparado a um lip balm ou hidratante labial, por exemplo.

– M.A.C Lipstick, cor Creme Cup: o mais rosado e forte de todos os que tenho. Por ser Cremesheen e feito à base de creme, o brilho dele é menor e a concentração de cor, maior. Por isso o considero mais pigmentado. Já o acho um pouco fora da família de tons de boca, então o uso quando quero colocar um pouco mais de cor na maquiagem.

– M.A.C Lipstick, cor Faux: também lá dos primórdios do blog, é mais sequinho e considero rosa antigo. Também o uso bastante em entrevista de emprego, mas é daqueles que preciso estar bom os lábios hidratados, sabem? Ele é Satin, assim como o Brave.

– Make B. Barroco Tropical, cor Rosa Real: o primeiro “mate” que tenho, que na verdade tem uma textura mais hidratante, mas sem brilho e acabamento aveludado. Complicado explicar, né? Imagine um mate sem ser seco, é por aí. Me lembra um pouco a cor do Brave também.

Sei que é difícil explicar direito em texto, então fiz um swatch tosco para vocês verem que, embora da mesma família de cor, todos são diferentes:

04 - Batom

Lembrando que os batons da M.A.C podem ser comprados AQUI e AQUI. Na Sephora, sempre uso O Cashola, que me retorna parte das compras. Já o Boticário, além das lojas físicas espalhadas em todo o país, tem o e-commerce, que também ajuda muito! Ufa, agora acho que ficou mais fácil de entender, né?

update – Leituras da semana

12 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Hoje temos dicas para todos os gostos, inclusive com temas sérios. “Bora lá” ver cada um deles?

– Loucas Por Esmalte: com a variedade enorme de produtos para as unhas que temos hoje no mercado (nacional ou não), às vezes a gente se perde ou tem dificuldade em entender e reconhecer diferentes acabamentos, certo? Fosco, cremoso, holográfico, flocado, craquelado… Esses são fáceis, mas e o glass flecked? Qual a diferença dele para um perolado ou cintilante? As meninas explicaram tudo, com boas fotos, nesse post AQUI;

– Loucas Por Esmalte: já que começamos com a questão esmalte e explicando tipos do cosmético, acho válido lermos a resenha da Bianca sobre a diferença entre acetona e removedor de esmalte. Parece fácil, talvez até óbvio, mas há empresa que nos engana nessa hora. Bom saber que meu querido removedor da Big Universo é realmente removedor, e o seu?

– Coisas De Diva: essa semana a Marina mostrou algumas sombras da quem disse, berenice? que fazem parte da “área” marrom da cartela de cores da marca. Legal também que nenhuma delas possui brilho, o que nos facilita muito. Adorei a Cinzele (me lembra a minha Color Tattoo, da Maybelline), a Marronzi e a Marrondito. Não são lançamentos, mas acho que qualquer hora ou quando meu bolso me permitir, vou lá ver casmão. As informações estão todas AQUI;

– E aí, beleza?: havia lido algo sobre isso no blog da Julia Petit, porém a Kah também mostrou nesse post a iniciativa da Grace Choi, que criou uma espécie de impressora de maquiagem. Com ela, você poderá criar sua própria cor e produto, do jeito que você quiser. Parece ser bastante interessante, mas não sei se viável. O que vocês acham?

– Julia Petit: falando no site da ruiva, essa semana eles divulgaram que vem filme novo do diretor Tim Burton (yeeeey!). O cineasta que já lançou “A Fantástica Fábrica de Chocolates”, “Alice no País das Maravilhas”, “Edward Mãos de Tesoura”, “A Noiva Cadáver”, entre muitos outros longas, lançará “Big Eyes” exatamente no dia 25 de dezembro. Ansiosa, eu? Não, imagina! Hahahahaha Clica AQUI para saber mais sobre a ficção;

– Pop Topic: a gente sabe que o mundo não é perfeito e há um lado bem obscuro nele, não? Gosto de abordar temas mais sérios aqui também porque cria-se o diálogo e mostra que não somos somente uma casca ou pessoas superficiais. Pois bem, a Vivi fez um post excelente sobre a campanha #copadasmeninas, que visa combater o turismo sexual de meninas e adolescentes no país, durante a época da Copa. Os dados são assustadores (você sabia que somos o primeiro lugar em exploração sexual infantojuvenil na América Latina e o segundo no mundo todo? Absurdo, não?) e acredito que valha muito a pena espalhar esse post dela por toda a internet. Crianças e adolescentes podem ser vítimas debaixo de nossos narizes e temos que fazer algo, gente! Leia, compartilhe, divulgue e o principal, se souber de algum caso (ou pior, vivê-lo), POR FAVOR, denuncie!

Semana que vem eu volto!

Esmalte da vez – Preto Sépia, Risqué

11 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Antes de começar a falar de esmaltes: FELIZ DIA DAS MÃES! Se vc é mamãe, que seja muito mimada e valorizada. E para quem não é, mas tem a mãe por perto, aproveite para fazer isso e deixar as mágoas de lado, meu povo! Até pensei em fazer um post em homenagem à mommys mas né, não conseguiria digitar duas linhas sem chorar. A gente está se recuperando de uma fase bem difícil, ela ainda precisa de muitos cuidados, então eu teria muita dificuldade em escrever algo à altura nesse momento.

Mas vamos voltar azunha. Estava com o 530 – Stunning Slate, da Maybelline, e mesmo ele sendo um pouquinho (mas bem pouquinho) mais chato de aplicar, talvez por falta de talento meu, vou continuar falando que atualmente a marca é uma das que mais gosto. O bonitinho durou bem nas minhas unhas, com um desgaste aqui e ali.

Até tentei arrumar, porém como me falta talento, resolvi tirar tudo lá para terça e dar um descanso. E hoje a ideia era usar um fúcsia, mas do nada me peguei na quinta em um momento saudosista. Aí não teve jeito, corri para um dos esmaltes que mais gosto e sou capaz de fazer estoque (nunca o tire de linha, Risqué, por favor!):

01 - Esmalte

Eu AMO (em caixa alta mesmo) o Preto Sépia, mas acabo usando-o uma vez ao ano, praticamente. E sempre nessa época, mas não sei dizer o motivo. Acho que com tantas outras cores, me esqueço o quanto um esmalte preto cremoso é simples, porém absurdamente lindo (já o mostrei AQUI, AQUI e AQUI).

02 - Esmalte

Gosto tanto dele que fiz questão de deixar as unhas bem curtinhas. Ficou fofo, né? Eu sei que não sou a melhor na esmaltação (e por isso, me desculpem pelas tosquices de imagens), mas até que consegui fazer direitinho com ele, não?

03 - Esmalte

Das outras vezes que usei, foi minha mãe quem passou. Continuo achando a textura dele muito boa, de fácil aplicação e com brilho imenso. O meu vidrinho deve ter uns dois anos e até agora nem dá sinal de estragar ou mudar algo. Eu passei duas camadas e uma de top coat (o roxinho da Risqué também), mais por hábito mesmo, até porque uma camada ainda deixava as pontas das unhas meio manchadas.

Uma vez disse aqui que ele era meio chato de limpar, porém sexta, quando usei o Preto Sépia novamente, minha opinião foi diferente. Talvez eu tenha aprendido, peguei o jeito… Não sei. O fato é que não é tranquilo quanto um branquinho, mas bem menos trabalhoso que um azul ou vermelho.

Se ele durar como das outras vezes, vou passar mais 365 dias apaixonada por esse esmalte. Como é lindo, gente!

Estou usando – Secador de cabelos Taiff Red Ion

7 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Era uma vez uma mocinha que adora coisas antigas e usava o mesmo secador de cabelos que a mãe e a irmã há pelo menos 25 anos. Até que o aparelho pifou em pleno outono e ela se viu desesperada.

Pois bem, a personagem do parágrafo acima sou eu e isso, de fato, aconteceu. Certo dia fui secar o cabelo da minha mãe e o eletrônico simplesmente não ligou. Tentei, mexi e nada. Vi que não compensaria comprar outro, já que talvez nem haja peça no mercado e eu fui obrigada realmente a comprar outro.

Como ia ter que desembolsar um dinheirinho, decidi que ia querer um com mais opções de velocidade e temperatura, além da questão de íons, que o meu não tinha e seria bastante útil, além de agilizar o processo de secagem. Rodei em algumas lojas físicas e virtuais e acabei comprando na Coop, um mercado daqui da região do ABC que costumava ser uma cooperativa.

A ideia era comprar um da Phillips, mas ao vivo optei pelo Taiff Red Ion, que além de ter mais ou menos as mesmas funções, era mais em conta. Esse aqui:

01 - Secador

Segundo a Taiff, ele tem:

“O secador Taiff Red Íon é leve e compacto com uma pintura especial metalizada. Apresenta uma potência de 1900W, emissão de 67 milhões de íons negativos por cm³ que neutralizam a eletricidade estática dos fios do cabelo proporcionando fios disciplinados com muito mais brilho, maciez e sem frizz. Proporciona 5 temperaturas e 2 velocidade e jato de ar frio. Grade removível – facilita a limpeza e manutenção.”

A primeira sensação que tive foi de susto, o achei meio grande. Mas como meu antigo era bem diferente, vi que era uma questão minha mesmo:

02 - Secador

Ele tem 1900w te potência, cabo de 1,8 metros (achei curto, mas dá para lidar), jato frio, grade traseira para ajudar na limpeza e bico removível para ajudar em casos de escova, por exemplo. Sem essa peça, ele fica assim:

03 - Secador

Bonito, né? A cor vermelha perolizada dá um toque diferente. Ele tem 2 velocidades e até 5 temperaturas, além do botão para a emissão de íons, bons para reduzir o frizz dos cabelos.

04 - Secador

E aqui mais algumas especificações:

05 - Secador

Gostei bastante dele, é leve (menos que o meu anterior, mas nada absurdo), potente, fácil de segurar e manusear e acho que ajudou a secar meu cabelo bem rápido. E eu tenho o Capitão Caverna na cabeça, gente, vamos levar isso em consideração.

Só tenho três queixas quanto ao produto: uma que o cabo é curto (mas nada que uma extensão não resolva), a tomada já é no modelo novo (então precisei de um adaptador) e o botão dos íons precisa ser segurado o tempo todo, quando for utilizar. Tirando isso, amei o secador e nem posso reclamar!

Paguei R$ 189,90 e o preço varia conforme a loja:

Extra (agora indisponível);

Wallmart;

Magazine Luiza;

Fast Shop;

Submarino;

Americanas.com

Agora a mocinha do primeiro parágrafo viverá feliz para sempre!

Esmalte da Vez – 530, Stunning Slate – Maybelline

4 maio

Oi, gente! Tudo bem?

Difícil voltar de feriado prolongado, ainda mais aqueles com frio, né? Mas vamos lá, se serve de consolo, a gente faz azunha e se anima com uma cor nova. Ou eu que criei desculpa esfarrapada também. Hahahaha

Pois bem, semana passada passei o Vinho Viola, da Alfaparf Alta Moda, lembram? Ele é lindo e só me decepcionou porque as pontinhas de desgaste foram aparecendo algumas horas depois. Arrumei, mas o mesmo aconteceu no dia seguinte… Assim foi indo até quarta-feira, acho, quando me irritei e tirei tudo.

Aproveitei para ficar uns dias sem, depois um tempo com a base, até escolher outro esmalte. Juro que a intenção era usar algo de outra marca, mas na primeira “pincelada”, vi que não ia gostar e mudei para algo que me agradou muito e matou minhas saudades dos cinzas. Ói que lindo, minha gente:

01 - Esmalte

Bem cara de inverno, não acham? O 530, Stunning Slate, da Maybelline, é um cinza bem escuro, talvez meio cor de asfalto, com shimmers absurdamente discretos, só para dar profundidade. Precisa ser meio ninja para enxergar esses brilhos nas unhas, viu?

02 - Esmalte

Novamente peço desculpas pelo acabamento, se bem que dessa vez até fiquei meio orgulhosa da minha mão esquerda! Da direita… A gente abafa e deixa para lá. Hahahaha

O esmalte é fácil de passar, embora eu ache que ele manche um pouco mais que outros da mesma marca, talvez seja algo da cor mesmo. Nada absurdo na esmaltação. Limpar foi até que tranquilo, por eu ter pouco talento, demorei mais, porém se for alguém talentoso, vai tirar de letra!

03 - Esmalte

Relevem, gente, relevem. Foco na cor! Hahahaha Ele tem bastante brilho, mas como eu sabia que ia lidar com louças e produtos de limpeza, recorri ao top coat (o roxinho da Risqué mesmo). Confesso que estou considerando tirar essas cacas que fiz na mão direita e tentar novamente, ainda está muito tosco para mim. Hahahahah

Vale lembrar que os esmaltes da Maybelline são hipoalergênicos, vem com pincel mais achatadinho prometem aplicação precisa com “cores intensas e vibrantes” (como descrito AQUI).

Momento assessoria – Coleção Quebrando o Gelo, Top Beauty e correção

29 abr

Oi, gente! Tudo bem aí?

Semana passada a Top Beauty me enviou um release com informações sobre sua linha de outono inverno, chamada Quebrando o Gelo. Ela tem todo um apelo sexy e sensual, com nomes que remetem a momentos ou itens da sedução e romance. Até mesmo o cartaz de divulgação tem traz uma proposta mais “quente”, vejam só:

01 - Quebrando o Gelo

É para olhar os esmaltes, mulherada! Hahahahaha São 8 cores, alternando entre acabamentos cremosos e metálicos. Achei que são bem invernais, embora não deixem de serem vivas e fortes, sabem? Vamos conhecer cada uma delas:

02 - A Luz de Vela

– A Luz de Vela: achei que seria “A Luz de VelaS”, no plural, mas ok, isso é só um detalhe. Ele mistura cinza esverdeado e chumbo metálico, mas eu tenho a impressão que o verde some um pouco nessa imagem de divulgação, né? Ao vivo é sempre diferente, vale ver casmão mesmo. Não sei se sou eu, porém quando falam de vela eu penso em algo branco, deve ser por culpa da cera. Hahahaha

03 - Beijo na Boca

– Beijo na Boca: esse eu gostei, é um vermelho rosado cremoso que me parece bem bonito, vivo e pigmentado. Sou muito suspeita em dizer porque adoro a cor, mas está bonito, não? Beijo na boca é algo amplo, pode ser sensual como o vermelho, doce como um tom de rosa e a mistura dos dois, então achei que o tom combinou (#Carlafilosofa).

04 - Buquê de Flores

– Buquê de Flores: e lá vai a Top Beauty quebrar minhas ideias tradicionais. Pelo nome, eu juraria que seria um rosa clarinho cremoso, aí a empresa vem e me lança um azul metálico! Diferente, né? Adoro desse lado “criativo fora da casinha deles“, jamais poderei dizer que eles fazem mais do mesmo.

05 - Cobertor de Orelha

– Cobertor de Orelha: quero esse para ontem! Gente, que coisa mais linda essa mistura de cinza com roxo e acabamento cremoso! Amei, amei e amei ao cubo! Chique, cara de inverno, bom para ambientes de trabalho, para quem é mais séria ou quem quer descansar a vista. Entrou para a minha wishlist já!

06 - Escurinho do Cinema

– Escurinho do Cinema: é verde? É preto? É teal? Gostei do nome desse, a gente escuta o nome e pensa em algo quase preto de tão escuro, certo? Pois bem, a Top Beauty, creio eu, foi nessa linha e fez um preto metálico (segundo eles). Fiquei bem curiosa para saber se é preto mesmo ou um cinza. Eu usaria!

07 - Lençol de Seda

– Lençol de Seda: a Carla tonta aqui associa lençol de seda a algo mais vermelho. Sou só eu? Para a empresa, a expressão significa um rosinha claro cremoso, bem cor de moça comportada. Bonitinho também, né?

08 - Lingerie

– Lingerie: mas que Top Beauty malandra, me enganando outra vez! Lingerie de sedução para mim me remete a tons de vermelho ou preto, aí eles me trazem um roxo escuro maravilhoso que eu quero para já! Jamais ligaria essa tonalidade ao nome, gostei mesmo!

09 - Striptease

– Striptease:You can leave your hat on…” ops, desculpa, é que Striptease me lembra a música do Joe Cocker. Hahahaha Sabem que eu curti esse rosa escuro cremoso? A foto de divulgação mostra ele mais pink, até parecido com o Beijo na Boca, porém prefiro acreditar na descrição. É outro que eu teria!

A assessoria da Top Beauty (super obrigada, Ana!) me informou que cada vidrinho tem preço estimado de R$ 2,80 e como eles começaram a divulgar na semana passada, acredito que a coleção comece a ser vendida por esses dias. Mas há o SAC da marca, caso você prefira entrar em contato e saber o posto de venda mais próximo. Anote o telefone: (11) 4402-2552.

Ah! A Ana pediu para avisar que uma das imagens de divulgação da coleção Top Beauty na Copa do Mundo, que mostrei AQUI, está com um erro. Na foto de divulgação anterior, um dos esmaltes estava azul, quando na verdade deveria ser verde, seguindo a cor da bandeira. Então, o quarteto correto é esse aqui:

10 - Itália

Agora sim, né? Fica mais fácil! Todas as fotos e informações de base são da Top Beauty, mas o texto é meu mesmo, então se você for utilizar, por favor, DÊ OS CRÉDITOS. Sei que é chato ficar falando isso, mas como a internet anda muito “aberta”, não custa reforçar que devemos reconhecer o trabalho alheio, né?

E aí, o que vocês acharam da coleção? Eu curti, acho que foi uma das poucas empresas que vi até agora que saíram do comum na cartela de cores e brincaram com um tema diferente (hello, dia dos namorados a caminho!). Agora quero ver se acho alguns deles em São Berlimbonardo do Campo!